ANO: 24 | Nº: 6185
07/08/2018 Editorial

Agora é eleição!


Dificilmente, ao longo dos próximos dois meses, mais ou menos, algum assunto supere os que tratem sobre as eleições. E não há como ser diferente. Até porque, em outubro, os brasileiros aptos ao voto definirão o futuro do País. Sim, é através deste ápice da democracia atualmente instaurada no Brasil que se escreverão as linhas de uma história que será conhecida no amanhã.
É de se reconhecer que, neste momento, mais se busca detalhes sobre quem são os candidatos do que outra questão. Até o dia 15, o tabuleiro formatado pelas convenções partidárias pode sofrer mudanças, em alguns casos até determinantes para o resultado final do pleito. E, em meio a este momento que depende quase que unicamente dos próprios políticos, os eleitores ficam apenas na espera.
Uma opção vantajosa para que o País trilhe rumos de progresso, então, seria aproveitar este pequeno intervalo para fazer algo fundamental. Há nomes divulgados, o que permite que pesquisas sejam feitas por cada um dos cidadãos. Por incrível que possa parecer, esta técnica que pode ser tão efetiva para a escolha de um bom candidato fica, em não raras ocasiões, para depois. O problema, muitas vezes – quase sempre – é que o depois é logo ali. Pode não dar tempo e, aí, de novo (para alguns), a escolha pode não ser a melhor.
Em época de eleição, para quem busca eleger mais que rótulos, mas trabalhos efetivos, é preciso pesquisar, ir além de analisar as propostas de cada um. Até porque – a história pode provar – nem tudo que é exposto na televisão, inclusive em horário nobre, durante o momento eleitoral, se torna ação. Fica para o discurso e, então, o voto que buscava o atendimento de uma demanda específica acaba tendo que aguardar uma próxima oportunidade.
Bem, agora é eleição. Então, a oportunidade para fazer o voto – bem mais precioso e cobiçado de qualquer eleitor – valer a pena. É um ato que vai muito além de colocar em prática o exercício da cidadania, mas que permite contribuir de forma direta e significativa com o futuro da Nação e do Estado.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...