ANO: 25 | Nº: 6278
07/08/2018 Campo e Negócios

Expofeira 2018: feira de rústicos mais antiga do País é lançada

Foto: Tiago Rolim de Moura

Pereira exaltou potencial produtivo da região
Pereira exaltou potencial produtivo da região
A Expofeira de Bagé, que, neste ano, acontecerá entre os dias 10 e 14 de outubro, foi oficialmente lançada ontem. Pela manhã, na sede da Associação e Sindicato Rural, responsável pela organização, detalhes do evento foram apresentados aos presentes, público formado por membros da entidade, do setor primário, da política, da imprensa e dos patrocinadores.
O presidente da Rural, Rodrigo Moglia, destacou que a realização da 106ª edição da Expofeira é o resultado de um esforço conjunto entre colaboradores. "Sabemos do momento de crise econômica, mas não poderíamos deixar de realizar. É uma tradição de mais de cem anos e trata-se de um dos principais eventos da cidade", ressaltou logo no início de sua fala, durante o lançamento oficial do evento. "Reconhecemos o esforço que os produtores fazem para trazerem seus animais (...) Perante isto, estamos trabalhando para viabilizar uma redução na comissão que a Rural cobra, até para fomentar os negócios", completou.
De acordo com Moglia, dentre os destaques desta edição, no que tange à comercialização de bovinos, equinos e ovinos, estará a diversificação dos leilões. "Além dos remates das cabanhas, teremos os dos núcleos, que oportunizam genética de ponta, a exemplo das propriedades que estarão na Expofeira", analisou.

Inovações
Ao comentar sobre novidades, Moglia anunciou uma inovação para esta edição. A portaria, assim como o estacionamento e a área de entretenimento, será terceirizada, através de uma parceria com uma empresa especializada no ramo. "É uma experiência que acredito que poderá contribuir com o evento", argumentou.
Além de tal detalhe, há a intenção, por parte da Rural, em padronizar as áreas destinadas a quem se instalar no Parque Visconde de Ribeiro Magalhães. "Quem contratar um espaço terá direito a usar uma pirâmide, que estaremos disponibilizando. Creio que será um benefício para quem estiver aqui, mas também um adendo para a feira, que ficará melhor padronizada", estimou, ao adiantar que a venda dos espaços começará de imediato.
Dentro da programão de entretenimento, haverá apresentações diárias na praça de alimentação. No dia 11 de outubro, tem Jairo Lambari; no dia 12, o Grupo Tholl sobe ao palco. Já no dia 13 de outubro, a gurizada faz a festa com os Minions, Peppa Pig, Patrulha Canina, Lady Bug e Frozen. Os eventos encerram no dia 14, com o Teatro do Bebé.

Parcerias
Após mencionar a programação, que além de remates terá reforço na parte de lazer, Moglia exaltou parceiros, como os bancos Sicredi e Banrisul, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) e a prefeitura, assim como o Instituto Rio-grandense do Arroz (Irga) e a Universidade da Região da Campanha (Urcamp). "É um desafio, mas conseguimos viabilizar a feira através destas instituições", frisou.

Avaliação
Presente no ato, o presidente do Sistema Farsul e, na atualidade, do Sebrae, Gedeão Pereira, também se pronunciou aos presentes. Com um discurso direto, ele exaltou a grandeza do evento projetado para outubro e salientou a necessidade de expor o potencial da região com a pecuária de corte. "Temos uma Expofeira tradicional, que remonta à nossa origem e à influência do Prata sobre nossos campos", ressaltou.
Na sequência, Pereira frisou que, nos últimos seis, sete anos, o setor enfrenta alguns desafios. "Desde que a soja chegou, estamos tentando fazer o que podemos de melhor com a pecuária. A soja aumentou em 47% a área plantada e, mesmo assim, a pecuária cresceu em área. Mas o que aumentou mesmo foi a qualidade, exigida pelo setor frigorífico. Tivemos que reduzir a idade do primeiro acasalamento, assim como do abate. Mas nós não vamos recuar, vamos seguir plantando soja e trabalhando com a pecuária", sentenciou.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...