ANO: 24 | Nº: 8084
14/08/2018 Cidade

Mais de 400 consertos na rede de água ocorrem por mês, diz Daeb

Em média, são efetuados mais de 400 reparos por mês na rede de água, segundo divulgado, ontem, pelo Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb). Somente em julho, de acordo com a autarquia, foram realizados 460 consertos em tubulações. 
O departamento, em nota, frisou que, nesta época do ano, os rompimentos aumentam devido à maior variação de temperatura. A rede antiga, implantada há anos, está muito fragilizada pelo desgaste do tempo e por ser de fibrocimento, material ultrapassado. As redes mais novas são de PVC.
"O Daeb esclarece que toda informação de vazamento é recebida pelos telefones 0800 510 22 19 e 115. Após isso, a autarquia realiza uma avaliação do problema para verificar o nível da gravidade. Quanto maior o vazamento, maior a urgência. Para realizar o conserto, os motores que abastecem aquele local são desligados, interrompendo o fornecimento de água para a região. As equipes do Daeb efetuam o serviço, que pode durar, em média, de uma hora e meia a duas horas e meia. Quando é adutora, pela complexidade da tubulação, costuma ser bem mais demorado. Após a conclusão do conserto, os motores são religados. O abastecimento é normalizado depois de algum tempo. Por fim, uma empresa terceirizada pelo Daeb realiza a recomposição da via", detalhou o setor de comunicação da autarquia municipal.

Demanda

Em paralelo aos consertos, a autarquia vem realizando a troca das tubulações antigas da cidade. Entre 2017 e 2018, foram substituídos mais de 3 mil metros de rede em pontos que historicamente tinham vazamentos recorrentes, como na avenida Emílio Guilain. A expectativa é que, neste ano, sejam trocados mais 1,5 mil metros de tubulação.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...