ANO: 25 | Nº: 6403
14/08/2018 Cidade

Prefeitura lança edital para próxima etapa da pavimentação da zona leste

Foto: Rosane Coutinho

A comissão especial de Licitações da Secretaria de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos (Geplan) publicou, ontem, o edital que torna pública uma licitação destinada para a contratação de empresa de engenharia para executar obras de infraestrutura, relativas à terraplanagem, pavimentação asfáltica (CBUQ), redes de drenagem pluvial e calçadas, dentro do projeto que contempla vias da zona leste da cidade. Os envelopes serão abertos no dia 28 de agosto de 2018, às 9h, na sala de reuniões da Geplan.

A obra de pavimentação da zona leste iniciou em 2014, pelos bairros Pedra Branca e Ipiranga - em uma primeira fase do empreendimento. A liberação do projeto do terceiro lote, pela Caixa Econômica Federal, estava sendo aguardado pela prefeitura desde abril. Esta etapa irá contemplar 2.621,76 metros de ruas no bairro Dois Irmãos. O valor inicial da obra total - em todas as vias que integravam o pacote proposto - era de R$ 37 milhões para a pavimentação de 23,5 quilômetros em oito bairros.

O coordenador de projetos da Geplan, Pedro Caetano, havia informado, em abril, que o projeto de pavimentação do terceiro lote precisou sofrer alterações técnicas e atualização de mercado e que houve um acréscimo de valores. Para realizar a iniciativa com as especificações iniciais, seria necessária uma contrapartida de mais de R$ 12 milhões por parte da prefeitura. A terceira fase deveria ter sido concluída em 2016, mas, devido à demora na execução, foram necessárias várias adaptações técnicas. Neste cenário, o valor inicial seria insuficiente para a conclusão.

Mobilização
A mobilização dos moradores para a obra da zona leste iniciou em 2010. O anúncio da realização foi feito em 2013 e a primeira etapa iniciou em setembro de 2014. O asfaltamento pretende contemplar os bairros Ipiranga, Pedra Branca, Estrela D’Alva, Santa Thereza, Santa Lúcia, Santa Flora e Bonito. A primeira fase, que compreende os bairros Pedra Branca e Ipiranga, foi orçada em R$ 16 milhões. O lote 2, que compreende o bairro Bonito, teve que ser adiado porque é necessária a elaboração dos projetos de saneamento antes do início da obra.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...