ANO: 25 | Nº: 6258
18/08/2018 Cidade

Associação Pró-Santa Thereza promove Semana do Folclore

Foto: Divulgação

Evento contará com apresentação do violonista Marcello Caminha
Evento contará com apresentação do violonista Marcello Caminha
O Centro Histórico Vila de Santa Thereza recebe, de 24 a 26 de agosto, a Semana do Folclore. A ação comemora os dez anos da tradicional festa que marca o Dia Nacional do Folclore, através de uma programação especial, com três dias de atividades culturais. O evento é realizado pela Associação Pró-Santa Thereza, junto ao Ponto de Cultura Pampa Sem Fronteiras, com patrocínio do Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) e apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Segundo a coordenadora do Centro Histórico, Adriana Gonçalves, o evento tem como objetivo fomentar o folclore da região, através de ações que contemplam o trabalho de artistas locais, e reafirmar o local das atividades como ponto cultural. A ampliação das festividades, de acordo com a coordenadora, se deu porque o evento recebeu apoio do Daeb, ao ser contemplado pelo edital lançado pela autarquia, em março, com a intenção de selecionar projetos culturais a receberem patrocínio. "Sem o patrocínio do Daeb, não teríamos como fazer o evento nestas dimensões", destaca.

As atividades terão seu início na sexta-feira, dia 24, às 19h, com um recital do cantor e compositor nativista Guilherme Collares, no Teatro Santo Antônio. Já no sábado, 25, às 15h, acontece uma roda de conversa com o escritor Severino Rudes Moreira.

Para encerrar as comemorações, no domingo, 26, a partir das 14h, ocorre a Festa do Folclore, com show do violonista Marcello Caminha, ao ar livre, no Centro Histórico Vila de Santa Thereza. O evento também contará com apresentações do compositor e intérprete Tiago Cesarino, da Fábrica de Gaiteiros e de danças folclóricas da Invernada Artística do CTG Prenda Minha, além de mateada, venda de pastéis, cartomante, benzedura e exposição de obras de artesãos da região.

Toda a programação da Décima Semana do Folclore é aberta ao público, com entrada gratuita. Adriana ressalta, aos participantes, a importância de chegar adiantado ao local para as atrações de sexta-feira e sábado, já que a capacidade máxima do teatro é de 120 lugares. Visando melhor atender ao público, a coordenadora também pede a quem for no evento, domingo, que leve suas cadeiras, pois o local não conta com assentos suficientes para o público estimado, de duas mil pessoas. O dinheiro arrecadado com a venda dos pastéis será destinado aos fundos para reformas no espaço histórico.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...