ANO: 25 | Nº: 6330
18/08/2018 Cidade

HU recebe de mais de R$ 60 mil do leilão Martelos do Bem

Foto: Jéssica Pacheco/EspecialJM

Farinha e Tavares entregaram valor para Almeida
Farinha e Tavares entregaram valor para Almeida
Realizado no dia 9 de junho, o leilão Martelos do Bem tinha por objetivo arrecadar verbas para as instituições de saúde. Idealizado e realizado pelos leiloeiros Nando Farinha e Aluízio Tavares, o evento foi um sucesso. E o resultado chegou na tarde de ontem, com um cheque de mais de R$ 60 mil, destinado ao Hospital Universitário Doutor Mário Araújo. O recurso será aplicado na compra de um enchedor de cilindros, que será implementado junto à Usina de Oxigênio da Instituição.

De acordo com o assessor de Projetos e Captação de Recursos do Hospital Universitário, Romário Almeida, que acompanhou o processo do leilão desde a sua idealização, o evento teve a participação da comunidade em todos os sentidos, pois, além de adquirirem seus convites, também deram seus lances, arrematando os cavalos crioulos e outros produtos que estavam sendo leiloados no Martelos do Bem. "Eu fiz parte da equipe de organização por compreender o quão grandioso é ter eventos como estes, que fomentam as nossas instituições que tanto precisam. E mesmo como todo empenho, confesso, já sabia, de antemão, que seria um sucesso, pois a comunidade abraçou a causa", comenta ao destacar que a importância fundamental das colaborações que chegam através das doações. "Muita gente quer ajudar, e apesar de não terem a pró-atividade de criar, sempre que batemos em sua porta, eles abrem e colaboram da maneira que podem", menciona.

Cheque tem destino

Anteriormente, o Hospital Universitário comprava o oxigênio em grande quantidade, a um custo de R$ 7,50 o metro cúbico. Mensalmente, esse valor somava um montante variável entre R$ 20 mil e R$ 25 mil. Foi então que o HU fez a aquisição da Usina de Oxigênio e, com a sua implementação, o custo caiu, por metro cúbico, para R$ 0,40. O que acontece é que o O2 que sai da Usina vai direto para as redes e é levado aos leitos e, então, aos pacientes. Porém, em casos do oxigênio precisar ser utilizado fora das saídas de rede, ou até em casos de manutenção, são utilizados cilindros. Hoje, o custo para abastecer um cilindro é R$ 20 por unidade.
Com o cheque do Martelos do Bem, no valor de R$ 60.767,50, o HU irá adquirir um enchedor de cilindro, que será instalado junto à Usina de Oxigênio. Dessa forma, os cilindros passam a ser enchidos dentro do próprio HU, e o valor de R$ 20 cai para R$ 0,40.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...