ANO: 25 | Nº: 6358
18/08/2018 Cidade

Urcamp inaugura Núcleo de Práticas em Saúde no Hospital Universitário

Foto: Antônio Rocha

Solenidade que apresentou nova estrutura ocorreu ontem
Solenidade que apresentou nova estrutura ocorreu ontem
A partir de agora, os alunos dos cursos de Nutrição, Farmácia, Psicologia, Fisioterapia e Enfermagem da Urcamp têm um espaço dentro do Hospital Universitário (HU) para atender a comunidade. Em uma solenidade no saguão de entrada do hospital, foi inaugurado, na sexta-feira, o Núcleo de Práticas em Saúde. O ato contou com a reitora da instituição de Ensino Superior e presidente da Fundação Attila Taborda, professora Lia Maria Herzer Quintana, dos gestores do hospital, Henry Ritta e Rafael Ribeiro, do secretário Municipal de Saúde e Atenção a Pessoas com Deficiência, Mário Mena Kalil, além da equipe de gestão da Urcamp, coordenadores de curso e estudantes.

A pró-reitora Acadêmica da Urcamp, professora Virgínia Dreux, ressaltou que o espaço começou a ser pensado o ano passado e é composto por 19 salas de atendimento. Ela explica que os pacientes são encaminhados da rede pública municipal, realizam um cadastro e são atendidos pelos estudantes nas cadeiras de estágio e todos contam com a supervisão dos professores da universidade. "Ter um Hospital Escola era um sonho antigo, de poder transformar um ambiente hospitalar, também, em acadêmico, onde os alunos pudessem desenvolver as práticas de seus respectivos cursos. E foi por este motivo que nós unimos forças para colocar em prática o que, até então, apenas idealizávamos. Tornamos, finalmente, os corredores em ambiente acadêmico. E, com isso, os estudantes saem muito mais preparados para o mercado de trabalho", contou a pró-reitora ao finalizar. "E a nossa ideia é ampliar, ainda mais, os serviços que hoje são oferecidos em nosso Núcleo de Práticas em Saúde", disse.
Lia Quintana, por sua vez, agradeceu o auxílio de todos os envolvidos para a realização das melhorias e salientou que o núcleo irá proporcionar que o aluno da Urcamp saia da universidade com a experiência prática da profissão. Ela disse, ainda, que a parceria do poder público é importante para a universidade e quem ganha com isso é a comunidade. "Ao aluno que está aqui, vocês vão sair experientes. Então, quando vocês forem lá experimentar o currículo, e, caso sejam barrados por não terem experiência, vocês terão sim! Vocês vão ter experiência, currículo; vocês vão aprender e, o principal, que o doutor Henry e o doutor Mário Mena sempre dizem, é que a saúde não é médico, nutricionista, psicólogo; a saúde é multidisciplinar. E vocês sabem que existem duas situações para desenvolver esse País; a primeira é a Educação, mas se não tiver saúde, ninguém consegue pensar na educação", frisou a reitora.
Já o secretário municipal de Saúde salientou que o HU tem muito para crescer e o trabalho dos alunos dentro da instituição trouxe a alegria e o movimento para o espaço. "Acordaram um gigante adormecido. O Núcleo traz de volta o ensino para o hospital. Se ele está forte, a saúde também está", relatou.
Um dos mais emocionados foi o diretor do hospital, Henry Ritta. Ele disse que quando assumiu a instituição há um ano e meio, sabia que seria viável, porque os dados mostravam isso. Mas a inauguração do Núcleo ultrapassou o que era possível. "O nome disso é trabalho e deu mais certo do que a gente imaginava. Lá atrás, quando tu eras apenas um sonho, nós olhávamos para os números e víamos que era possível. Era viável. Tinha como. E nós fomos atrás. Nós trabalhamos, juntos, com o apoio do grupo e da professora Lia. Hoje, olhando para trás, os números não eram possíveis, não. Mas foi a nossa crença e o nosso trabalho que fez com que chegássemos até aqui. E é por isso que me emociono e que hoje, emocionado, eu nem deveria falar, por engasgar em frente ao microfone", disse Henry ao fazer seu depoimento. Ritta também informou que, pelo volume de atendimentos no Hospital e, também no Núcleo, a instituição passa a 21ª posição no ranking do Estado. "Quando assumimos a gestão, ocupávamos a centésima posição", comemorou.
O médico e diretor do Hospital Universitário, Rafael Ribeiro, lembrou que o HU é um grande hospital, mas tinha uma parte ociosa. Ele comentou que a instituição faz parte da universidade, mas também precisava ser universitária. "Foram adaptadas salas para cada curso e devemos atender mais de mil pacientes mês, gerando conhecimento para os alunos", ressaltou.

Promoção

O Núcleo de Prática em Saúde (NPS), reúne docentes e discentes dos cursos da área da saúde, e objetiva, de forma multidisciplinar promover educação em saúde voltada para a autonomia da comunidade assistida e a valorização da vida; instaurar um espaço de formação que ofereça cenários diversificados de aprendizagem significativa na área da saúde; e produzir conhecimento intelectual transferível, integrando ensino, pesquisa e extensão de forma contínua e sistemática.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...