ANO: 25 | Nº: 6386
20/08/2018 Fogo cruzado

Mais de 800 candidatos disputam 55 cadeiras na Assembleia Legislativa

Foto: Reprodução/TSE

Estatísticas revelam escolaridade, gênero e idade dos postulantes
Estatísticas revelam escolaridade, gênero e idade dos postulantes
As 55 cadeiras do parlamento gaúcho serão disputadas por pelo menos 817 candidatos. A proporção de 14,85 postulantes por vaga, de acordo com estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), supera o volume registrado em 2014, quando 721 candidaturas foram lançadas à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. De maneira geral, a corrida eleitoral será mais acirrada, tendo em vista que o registro de candidatos passou de 1.088, no último pleito, para 1.295, até a atualização realizada pelo TSE na sexta-feira, 17.
A disputa pelas 31 vagas do Rio Grande do Sul na Câmara dos Deputados envolve pelo menos 417 candidaturas, 89 a mais do que em 2014. De acordo com os dados do TSE, são, no mínimo, 13,45 postulantes por cadeira. Quinze nomes disputarão duas posições no Senado e oito estão no páreo pelo Palácio Piratini. MDB, com 78 candidaturas, PDT, com 76, e PSOL, com 70, têm as maiores nominatas. O Podemos, com seis postulantes, o Avante e o PCB, com cinco representações cada, têm as menores nominatas.

Faixa etária
Pouco mais de 16,9% dos postulantes têm idades entre 45 e 49 anos, totalizando 219 candidaturas. Apenas 10 têm idades entre 75 e 79. Apenas 27, pouco mais de 2%, têm entre 21 e 24 anos. Mais de 15,2% têm entre 50 e 54 anos, representando 198. Cerca de 13% têm entre 40 e 44 anos. Todos os números podem mudar, por conta das impugnações.

Gênero
De acordo com balanço divulgado pelo TSE, 68,7% das candidaturas gaúchas são masculinas. As mulheres, portanto, representam 31,3%. O volume representa uma evolução de 0,2% em relação a 2014.

Grau de instrução
Mais de 48,8% dos candidatos têm Ensino Superior completo, totalizando 633. Cerca de 21,9% tem ensino médio, enquanto 14% tem Ensino Superior incompleto e 6,41% o fundamental completo. Pouco mais de 4% tem o Fundamental incompleto, 2,4% lê e escreve e 2,2% tem Ensino Médio incompleto.

Representatividade
Em 2014, mais de 91,5% dos postulantes eram brancos e apenas 4,9% eram negros. Neste ano, 87,1% são brancos, enquanto 8,4% são negros. Em números absolutos, as candidaturas passaram 996 para 1.129, e de 54 para 109, respectivamente.

Ocupação
Os dados do TSE, publicados até sexta-feira, também revelam as ocupações mais comuns declaradas pelos postulantes. Pelo menos 10,5% dos candidatos são empresários, o que representa 136 candidaturas. Ainda segundo os registros do Tribunal, 101 são advogados (7,8%), 90 são vereadores (6,92%), 53 são deputados (4%), 49 aposentados (3,78%) e 29 são comerciantes (2,24%).

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...