ANO: 25 | Nº: 6281
31/08/2018 Fogo cruzado

Fuca sugere ponto biométrico para registrar presença de vereadores

Foto: Sidimar Rostan/Especial JM

Petista apresentou sugestão durante discurso na tribuna
Petista apresentou sugestão durante discurso na tribuna
Em meio à discussão sobre o falta de quorum em comissões técnicas que avaliam as propostas em tramitação no Legislativo bajeense, o vereador Rafael Rodrigues (Fuca), do PT, sugeriu, ontem, a criação de um ponto biométrico para os parlamentares. A intenção, de acordo com o petista, é registrar a presença dos edis, ampliando a transparência.
Para Fuca, ‘a população tem que saber quem são os vereadores que chegam às 8h, na Câmara, de segunda a sexta-feira’. “Os bajeenses precisam saber quem são os vereadores que participam das comissões e que criam comissões e não dão seguimento”, justificou, após apresentar a sugestão do ponto biométrico ao presidente da Casa, vereador Edimar Fagundes, do PRB.
O sistema de ponto biométrico já é usado para registrar a frequência dos servidores da Câmara de Bagé, emitindo uma comprovação para cada registro de ponto. A ampliação para os parlamentares dependeria de uma resolução específica da mesa diretora, que não tem posição oficial sobre a proposta do petista.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...