ANO: 24 | Nº: 6084
06/09/2018 Cidade

Alunos da EJA recebem uniformes escolares

Foto: Marcela Mello Padilha/EspecialJM

Ato simbólico de entrega ocorreu na noite de terça-feira
Ato simbólico de entrega ocorreu na noite de terça-feira
Um ato simbólico realizado na noite desta terça-feira assinalou a primeira vez que os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) receberam uniformes escolares no município de Bagé. O momento contou com a participação da coordenadora da modalidade, Rita Domenech, da secretária de Educação e Formação Profissional, Adriana Lara, e do prefeito de Bagé, Divaldo Lara.

"Pela primeira vez, alunos da EJA recebem uniformes. Isso mostra o compromisso do governo de Bagé com a Educação de Jovens e Adultos. A modalidade de ensino EJA tem sido um case de sucesso no Estado, porque temos conseguido reduzir a evasão. Reformulamos toda a metodologia e conteúdos junto com os professores e coordenadores, e isso atraiu mais os alunos. A EJA não poderia ficar de fora dos uniformes", disse Adriana.

A aluna Shirley dos Santos aprovou as peças. "Eu adorei! Tem muitos alunos que, muitas vezes, não vem pro colégio porque não têm roupa. Nós da EJA nunca tínhamos ganhado e todos têm direito. Eu estava curiosa e gostei, achei bem quentinho. Eu superaproveitei", disse.

Divaldo salientou que, além dos uniformes, há um conjunto de ações que estão sendo realizadas e que tem alavancado a qualidade do ensino da cidade. "Além de dar uma merenda de muita qualidade, de estar reformando as escolas, de abrir o maior centro de Educação Infantil da região, agora, chegamos à qualidade no que se refere aos uniformes para todos os alunos. A gente pode ver no olho deles a alegria pelo reconhecimento que eles são cidadãos de Bagé e fazem parte desta grande transformação que o nosso município está vivendo", ressaltou.

De acordo com a coordenadora, o momento marca uma conquista. "Para nós, não tem explicação. Como professora da EJA, que fui por 15 anos, presenciei sempre todos recebendo uniformes e a nossa modalidade parecia que não fazia parte da escola. Eles também sentem frio, também fazem parte da escola. Eles precisavam receber, sim. Por isso, a importância deste ato de entrega, porque eles nunca tiveram antes", declarou Rita.

Atualmente, a EJA funciona em oito escolas da rede municipal, com cerca de 500 alunos.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...