ANO: 25 | Nº: 6284
10/09/2018 Cidade

Com recorde de vendas, Sábados Azuis tem nova edição confirmada para outubro

Foto: Antônio Rocha

Núcleo Moveleiro do Pampa expôs produtos
Núcleo Moveleiro do Pampa expôs produtos

Pela sexta vez, desde 2017, os lojistas levaram à avenida principal da cidade um mostruário de produtos e serviços durante a realização do programa Sábados Azuis. A atividade é promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação e busca aquecer as vendas do comércio bajeense.
A edição teve início durante a manhã de sábado, quando as 149 empresas participantes iniciaram a montagem dos estandes e barracas. E já neste momento, o movimento dos consumidores começou a intensificar-se. E mesmo quem havia saído de casa com outro propósito, não resistia a uma parada em meio às tendas montadas ao longo de três quadras da avenida.
A curiosidade foi o que motivou o casal José Mozart Hernandes e Cleusa Mena a parar para conhecer os produtos ortopédicos e ergonômicos da empresa Da Família Colchões, apresentando os produtos da linha Vida Mais. Com dificuldades para se adaptar aos travesseiros tradicionais, Cleusa, 65 anos, saiu do evento carregando um dos produtos da loja, após consultoria com os especialistas que atendiam no evento. "Nem sabia que tinha esse tipo de produto aqui em Bagé, achei muito interessante e decidi levar para experimentar", destaca.
Já Hernandes, 63 anos, comenta que pretende fazer uma nova visita à empresa, desta vez na sede da loja. "O Sábados Azuis é bom por isso, porque ficamos conhecendo algumas empresas que não estão instaladas aqui no centro. Como andamos muito aqui nas ruas centrais, acabamos sem conhecer produtos e serviços muito úteis que ficam em locais mais afastados", diz.
O próprio empresário da Da Família, Luís Márcio Machado Munhoz salienta a importância deste evento, o qual já participaram em três edições. "Conseguimos fechar muitos negócios no dia do evento, mas também registramos um grande volume posterior, porque as pessoas nos conhecem e procuram a loja para solicitar consultoria sobre o tipo de material que devem comprar", conta.
O secretário Bayard Paschoa Pereira, idealizador e coordenador do evento, diz que a sexta edição do programa superou, em termos de movimentação financeira, todas as outras cinco. "Registramos um volume expressivo de vendas, tanto em confecções quanto prestadores de serviços, venda de imóveis e até veículos. Ainda estamos calculando o volume total de vendas, mas com certeza superou todas as demais edições", garante. Nas últimas edições foi registrada uma média de R$ 400 mil em comercialização.
Satisfeito com o resultado do projeto, o secretário explica que a iniciativa busca o fortalecimento daqueles que empreendem em Bagé, agregando valor, produzindo riqueza para a cidade e gerando empregos.
A próxima edição do Sábados Azuis já tem data e deve acontecer no dia 6 de outubro, com expectativa de crescimento de empresas participantes e público.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...