ANO: 26 | Nº: 6588
11/09/2018 Esportes

Atletas bajeenses conquistam título Mundial de Powerlifting em Rivera

Foto: Divulgação

Teixeira continua busca por prêmios de halterofilismo e fisiculturismo
Teixeira continua busca por prêmios de halterofilismo e fisiculturismo
Os halterofilistas bajeenses Marcos Berta, 52 anos, e Haroldo Teixeira, 34 anos, conquistaram títulos no Campeonato Mundial de Powerlifting, em Rivera, no Uruguai, no final de semana. O evento, nas modalidades supino e levantamento terra, foi realizado pela Confederação Brasileira de Atletas de Força (Conbrafa) e teve a participação de 60 atletas, além da presença dos bajeenses campeões mundiais Jane Morales e Bruno Modernel, os quais atuaram na organização e arbitragem da competição.
Teixeira participou na categoria sub-master, até 90 quilos (kg), obtendo o título ao levantar 210 kg no supino. Com sete prêmios sul-americanos, sete brasileiros e sete gaúchos, o atleta conta que esse era o único título que faltava em seu currículo. No entanto, também garante que continuará buscando por aprimoramento e novas competições, tanto no levantamento de peso quanto no fisiculturismo, onde também vem somando troféus.
Ao ser questionado sobre como se sentiu ao conquistar o prêmio, o bajeense declara estar “extremamente gratificado e feliz” com o resultado da dedicação depositada em seus 19 anos de treino.
Por sua vez, Berta, que é deficiente visual, conquistou o mundial na categoria especial, até 75 quilos, ao levantar 140 quilos, no terra. Em seus dez anos de treino, o halterofilista conta com nove prêmios brasileiros e busca patrocínio para ir atrás de mais um título no dia 22 de setembro, no Rio de Janeiro. “O meu objetivo é continuar treinando. Enquanto tiver saúde, vou correndo atrás”, declara o campeão, que também pretende buscar mais um prêmio sul-brasileiro, no dia 13 de outubro, em Canguçu.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...