ANO: 25 | Nº: 6278
15/09/2018 Cidade

Projeto ‘Jovens em Campo’ debate mitos do agronegócio

Foto: Tiago Rolim de Moura

Professores e alunos dos cursos de Agronomia e Veterinária da Urcamp participaram do evento
Professores e alunos dos cursos de Agronomia e Veterinária da Urcamp participaram do evento
A Associação e Sindicato Rural de Bagé sediou, ontem, a terceira edição do projeto 'Jovens em Campo'. O evento teve como tema a importância da inovação e das novas lideranças tratando da desmistificação dos mitos do agronegócio. Na ocasião, o médico veterinário egresso da Urcamp, Rafael Leal Macedo, foi empossado como presidente da comissão jovem da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul).

De acordo com o presidente da Associação e Sindicato Rural, Rodrigo Moglia, foram realizadas várias palestras e debates durante todo o dia. Ele destaca que há muitos mitos em torno do agronegócio, principalmente no que trata do uso de agrotóxicos, segurança no uso de insumos, manejo animal e da importância do associativismo para o produtor rural. "É importante debater esses temas e preparar as futuras lideranças. Se não nos defendermos, quem o fará?" questiona.

Um dos palestrantes foi o doutor em Produção Animal pela Universidade Melbourne, na Austrália, e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), José Fernando Piva Lobato. O especialista falou sobre os benefícios da carne na saúde humana e o bem-estar animal. O engenheiro agrônomo abordou sobre as variáveis e boas práticas de manejo para a produtividade e também sobre exportações de animais vivos. "Os bons tratos correspondem a um aumento da produção e qualidade do produto que chega na mesa do consumidor", relata.

Além deste tema, foram tratados a importância das exportações na rentabilidade do produtor, pelo economista chefe do sistema Farsul, Antônio da Luz. Já o jornalista Nicholas Vital abordou o tema "Agradeça aos agrotóxicos por estar vivo". O chefe da divisão de inovação e Ações Especiais do Senar RS, Taylor Favero Guedes, apresentou a conexão entre startaps e Ag Tech e produtores rurais, e o presidente da Farsul, Gedeão Pereira, falou sobre liderança, papel da Farsul no cenário político, a atividade classista e a importância do posicionamento forte no setor.

Posse

No final do encontro, o atual presidente da comissão jovem da Farsul e assessor da presidência do Sistema Senar-RS, Luís Fernando Cavalheiro Pires, passou o cargo para Rafael Macedo. O médico veterinário foi o primeiro presidente da Rural Jovem.

Macedo ressaltou que a comissão é responsável pelo engajamento das lideranças jovens e uma ferramenta de incentivo para que os jovens permaneçam no campo. "É uma responsabilidade e uma honra ser escolhido no Estado inteiro para presidir a comissão", disse.

Alunos e professores dos cursos de Medicina Veterinária e Agronomia da Urcamp participaram do encontro.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...