ANO: 26 | Nº: 6494
17/09/2018 Cidade

Entidades realizam ronda da Centelha Farroupilha com atividades culturais

Foto: Tiago Rolim de Moura

Entidade serviu almoço campeiro aos participantes
Entidade serviu almoço campeiro aos participantes

A Chama Crioula representa, para o gaúcho e o tradicionalista, a história e a tradição. Em torno dela, foi construído um ambiente de reverência ao passado. Durante a Semana Farroupilha, cada CTG e piquete, no Estado, conta com uma centelha da chama. Neste ano, 51 entidades foram em busca do fogo simbólico no Parque do Gaúcho, no dia 13 de setembro, dando início aos festejos.
A chama foi trazida de São Gabriel, por um grupo de 17 pessoas, que integram a Associação de Cavalarianos Rainha da Fronteira. A partir daí, cada entidade faz sua reverência e ronda da centelha.
O fogo simbólico permanece no Parque do Gaúcho, onde as entidades também se dividem na ronda. No final de semana, foi a vez da Cabanha Esperança. O
piquete, que tem como patrão Volnei Feijó, passou o sábado em atividade. A primeira ação foi o hasteamento da bandeira às 8h. Segundo Feijó, a ronda foi realizada a convite do coordenador dos festejos Farroupilha Orsay Azambuja (Xiru). Ele destaca que durante o dia foram realizadas várias atividades, que contaram com um grupo de cerca de 40 pessoas. “Trouxemos gaiteiros, vaca parada e jogo do osso para mostrar a criançada”, disse.
O movimento, no Parque do Gaúcho, foi pequeno, na tarde de sábado, mas, mesmo assim, os integrantes da cabanha realizaram um almoço campeiro. Os encarregados da cozinha foram Ana Gomes da Silva e Jorge Nei Feijó. Os cozinheiros serviram aos participantes feijão, carne com batata e outras especiarias da culinária gaúcha.
Também houve um encontro de gaiteiros. Alcirio Lacerda, 67 anos, e Everton Feijó, 7 anos, deram um show a parte. Lacerda toca desde os 14 anos e já passou a tradição para filhos e netos que o acompanham na música. Já o menino Everton toca desde os quatro anos. “A ronda serve parta não deixar morrer a tradição e rever velhos amigos e companheiros. Durante a Semana Farroupilha o homem do campo vem para a cidade participar dos festejos”, relata.


Programação da Semana Farroupilha

Hoje
9h às 12h: atividades culturais e campeiras a cargo da Escola de Laço Matheus Brondani e das prendas e peões da Semana Farroupilha de Bagé (parceria com a Smed);
14h às 17h: homenagem a Paixão Côrtes (danças tradicionais).


Terça-feira (18)
Atividades culturais e campeiras a cargo da Escola de Laço Matheus Brondani e das prendas e peões da Semana Farroupilha de Bagé (parceria com a Smed).


Quarta-feira (19)
Atividades culturais e campeiras a cargo da Escola de Laço Matheus Brondani e das prendas e peões da Semana Farroupilha de Bagé (parceria com a Smed);
Apresentação da Fábrica de Gaiteiros.


Quinta-feira (20)

9h30min: desfile da Escola Cavalinho de Pau;
10h: Brigada Militar (Pelotão Mirim);
Desfile de Cavalarianos;
14h: show com Alexandre Brose;
15h: apresentação de gineteadas em pelo a cargo do CTG 93;
Show com o Grupo "Os 4 Irmãos" - 30 anos de música
Mateada
18h: solenidade de encerramento da Semana Farroupilha de Bagé e extinção da Chama Crioula

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...