ANO: 25 | Nº: 6281
19/09/2018 Cidade

Projeto social de Candiota recebe investimentos da UTE Pampa Sul

Foto: Divulgação

Convênio foi firmado na semana passada
Convênio foi firmado na semana passada
A Associação das Produtoras Orgânicas da Agricultura Familiar e Artesãs da Feira de Candiota “Guerreiras do Campo” irão receber auxílio para desenvolvimento de projeto social. O aporte financeiro será utilizado para a aquisição de tendas e alguns equipamentos que possam qualificar o trabalho do grupo, ampliando a geração de renda e dinamizando a economia do município. O pedido de aporte financeiro da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski) foi articulado pela Prefeitura de Candiota, em parceria com o Instituto Cultural Padre Josimo.
O prefeito de Candiota, Adriano Castro dos Santos, comenta que a feira é composta por pequenas agricultoras, que não possuem condições de promover a feira para atrair consumidores, e nem estrutura para ampliar a feira sem uma ação conjunta. “Por isso são muito pertinentes essas parcerias, para que possamos dar mais corpo à feira e levá-la para outros espaços”, explica o chefe do Executivo.
Segundo a feirante Olália Fátima da Silva, com a aquisição dos equipamentos previstos no projeto, as agricultoras pretendem participar dos eventos que o município promove anualmente. “Com as nossas próprias tendas, teremos mais autonomia para levar nossa feira em eventos”, salienta.
Conforme o gerente socioambiental da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski), Hugo Roger Stamm, a empresa já desenvolve uma série de atividades em parceria com o Instituto Padre Josimo, por meio do Programa de Educação Ambiental para a Agricultura Familiar e com a prefeitura. Ele salienta que esta é mais uma oportunidade de apoiar iniciativas que visam o fortalecimento de projetos importantes para a comunidade. "Acompanhamos o trabalho desenvolvido por estas mulheres e reconhecemos a sua importância tanto para o seu desenvolvimento econômico, quanto para a possibilidade de ofertar produtos de qualidade para a comunidade e, com isso, ficamos satisfeitos em colaborar e perceber que a feira ganhará novas possibilidades de ampliação e fortalecimento", destaca.
A associação é composta por 15 feirantes que compõem a feira e comercializam produtos 'in natura’, como hortaliças, legumes, grãos, frutas, tubérculos, cereais, ervas e ovos, além de industrializados, como frios, doces, compotas, pães, temperos, queijos e artesanatos.


Cronograma de atendimento das feirantes
Sede do município
Local: Galpão do produtor – na Praça Dario Lassance
Dias: sextas e sábados
Horário de atendimento: 8h às 17h

Vila Residencial
Local: Praça
Dias: sextas-feiras
Horário de atendimento: 8h às 17h

Vila Operária
Local: Em frente à Escola Faro
Dias: sábados
Horário de atendimento: 8h às 17h

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...