ANO: 25 | Nº: 6335

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
21/09/2018 Caderno Ellas

A homenagem do Caderno Ellas ao 20 de setembro

Foto: Reprodução JM

Ana Júlia faz parte da turma 504 do Colégio Franciscano Espírito Santo
Ana Júlia faz parte da turma 504 do Colégio Franciscano Espírito Santo

A homenagem do Caderno Ellas ao 20 de setembro

Este poema foi feito por uma pequena estudante,  Ana Júlia de Rossio Almeida Faria, de 11 anos, filha  de militar, que reside em Bagé, há quatro anos. O pai, Milson Charles Almeida Faria, é carioca, nasceu em Barra Mansa, no Rio de Janeiro. A mãe é catarinense,  Gisele de Rossio, natural de  Concórdia. A estudante e a irmã, Ana Clara, nasceram em Cuiabá, no Mato Grosso.

 

Laços eternos

 Ana Júlia, mesmo sendo muito jovem, já aprendeu a amar esse  povo e nossa tradição. Com a partida já marcada para dezembro, a família se despede de Bagé, para residir em Brasília, onde o pai, que é médico cardiologista, irá atuar.

A jovem, criou, com suas palavras, fragmentos cheios de sentimento e muita emoção, mostrando o que aprendeu com o povo desta terra. Ela, assim como muitos que passam por aqui, certamente, vai levar, no coração, o amor pela  acolhedora Bagé e o carinho pelo nosso querido Rio Grande do Sul.

 

 

Gaúcha de coração

 

Não sou gaúcha de sangue,

mas me considero de coração

nem um outro lugar me satisfará

já andei muito por esse chão

 

Faz anos que cheguei aqui

assistindo a tradição por todo o lugar

aqui sinto-me feliz

mesmo quando estou a chorar

 

Gaúcho de verdade faz barbaridade

coloca tchê e bah em todas as frases

é verdadeiro batalhador

churrasco é sua especialidade

 

Falando agora em tradição

gosto de ver quem a segue com o coração

prendinha linda, gauchinho de bombacha

como não amar este belo torrão

 

Guerra que durou dez anos

o sangue herói dos farrapos

encontro várias rodas de chimarrão

cuscos domados por belos guapos

 

De boia chamam a comida daqui

Bagual encontro com diversidade

pior que daqui sentirei falta

Ainda voltarei a minha bela cidade.

 

 

 

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...