ANO: 25 | Nº: 6210
21/09/2018 Cidade

Aula aberta do Jornalismo da Urcamp com IFSul marca celebração de aniversário de Luiz Coronel

Foto: Tiago Rolim de Moura

“Nós somos os sonhos que carregamos. Carreguem o sonho de vocês”
“Nós somos os sonhos que carregamos. Carreguem o sonho de vocês”

A celebração de 80 anos do poeta Luiz Coronel reuniu professores e acadêmicos de Jornalismo da Urcamp, alunos do IFSul e da Escola Estadual Justino Quintana, na noite de quarta-feira, no auditório do Instituto Federal Sul-rio-grandense. O encontro se configurou como a primeira aula aberta do curso de Jornalismo realizada em parceria com escolas ou institutos na cidade, além de também concentrar ações da Semana de Responsabilidade Social desenvolvida pela Urcamp. Na ocasião, o escritor bajeense dividiu suas experiências e trajetória com o público, falando sobre a Influência da Arte na Comunicação. A atividade iniciou com declamação do poema “Que Coronel sou eu?”, performada pelo ator bajeense Pedro Diana.

“Não trago certezas impermeáveis, apenas considerações”, destacou o poeta e publicitário, abrindo sua explanação. Mixando ensinos, conselhos e poesia, Coronel falou sobre sua experiência na área da comunicação e relembrou que o conceito remonta ao alinhamento com a história da humanidade, já que o ser humano sempre se comunicou, mesmo em “pedra, papiro, papel, tablet, no WhatsApp”, conforme destacado por ele.

Relembrando sua experiência como publicitário e editor, além de escritor, falou sobre o alcance e o reflexo das fake news na sociedade. “Nem toda informação é conhecimento, nem todo conhecimento é cultura. Cultura é o que nos direciona de forma mais ampla para conhecer, entender e atuar sobre o mundo”, apontou. Em seguida, apresentou algumas de suas peças publicitárias, apontando elementos presentes nestes trabalhos e influências. Para encerrar, deixou ainda um conselho aos profissionais que em breve entrarão na disputado do mercado de trabalho: “Nós somos os sonhos que carregamos. Carreguem o sonho de vocês”.
A parceria
A atividade permitiu ampliar os laços de parceria entre o IFSul e Urcamp, tendo por base ações que destaquem a cultura, a produção científica e o engajamento social, como defenderam a pró-reitora de Ensino da Urcamp, Virgínia Paiva Dreux; a diretora geral do campus do IFSul, Giulia D'Ávila Vieira; a chefe do departamento de Ensino, Anelise Ramires Meneses, e o coordenador do curso de Jornalismo da Urcamp, Glauber Pereira. 

Doação das obras

Entre as atividades de celebração das oito décadas devida, Coronel também aproveitou para contribuir com o acervo do Museu da Gravura Brasileira (MGB), mantido pela Fundação Attila Tabrda – FAT/Urcamp. Representando a comissão gestora de museus, Carmen Barros recebeu do poeta parte de seu acervo pessoal, que a partir de agora faz parte da exposição "Afinal, que Coronel sou eu ?", montada no Museu Dom Diogo de Souza.

Durante a tarde, o escritor esteve, ainda, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Fundação Bidart onde participou de um café com poesia, também realizou a doação de exemplares de livros para a biblioteca da instituição de ensino.
A próxima atividade da programação de setembro acontece hoje, com a instalação do projeto “Um poema em cada árvore”, com textos escritos na oficina dos poetas do Cultura Sul. Durante a noite, às 20h, na LEB, acontece o lançamento da 27ª edição do jornal Ecoarte com edição comemorativa aos 80 anos do poeta Luiz Coronel.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...