ANO: 25 | Nº: 6284
25/09/2018 Segurança

Campanha alerta sobre riscos de acidentes com animais soltos nas vias

Foto: Divulgação

Hoje será realizada ação com motociclistas
Hoje será realizada ação com motociclistas

Os motoristas que trafegaram pela avenida Sete de Setembro, principal via de Bagé, na manhã de segunda-feira, foram abordados pela equipe da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (SSM) e pela coordenação do Bem-Estar Animal, com o objetivo de alertar os condutores sobre acidentes envolvendo animais. Segundo o titular da SSM, Luís Diego Soares, esta é uma das principais causas de acidentes de trânsito.

A campanha incluiu a distribuição de folhetos explicativos para alertar sobre os perigos que os animais representam na pista, além de informar os procedimentos necessários para minimizar os riscos de acidentes. De acordo com Soares, a atividade tem a intenção de conscientizar e educar a população em relação às atitudes que impeçam incidentes com animais. “Hoje estamos orientando os condutores de como se deve proceder com os animais caso ocorra esse sinistro e de como deve ser realizada a prestação de socorro, evitando autuação pelo crime de maus-tratos”, informa o secretário.

A coordenadora do Bem-Estar Animal, Thaís Brasil, destacou a importância da parceria com a secretaria para a realização desta ação. “Estamos trabalhando fortemente em relação aos animais soltos nas vias, realizando o recolhimento e evitando possíveis acidentes. Essa parceria é muito importante em todas as ações envolvendo o trânsito e os animais, sejam eles de pequeno, médio ou grande porte. Nosso dever é conscientizar os proprietários e os motoristas, para que tenham consciência na hora da condução do veículo e desviar, evitando colisões”, disse.

Thaís informa que, em caso de acidentes, com animais de pequeno porte, o condutor deve prestar o atendimento, levando-o para os cuidados no Núcleo Bageense de Proteção Animal (NBPA), instituição que possui uma convênio com a prefeitura para atender e socorrer os animais. Em caso da impossibilidade do atendimento pelo NBPA, o condutor, responsável pelo acidente, deve encaminhar o animal para uma clínica veterinária.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...