ANO: 25 | Nº: 6282
26/09/2018 Cidade

Fórum debate igualdade de gênero hoje

Organizado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Unipampa, em apoio ao movimento HeForShe, da Organização das Nações Unidas, acontece, hoje, o II Fórum Regional em Defesa da Igualdade de Gênero: articulação universidade, gestão pública e movimentos sociais frente à violência contra as mulheres e meninas. O evento tem como objetivo promover ações relacionadas ao combate à violência contra as mulheres e o empoderamento feminino, utilizando diferentes ferramentas para isso. Um dos exemplos é a websérie "Mulheres que inspiram", cujo primeiro episódio será exibido hoje, durante o evento.

A secretaria do Conselho Universitário, Cristiane Goulart Menezes, uma das coordenadoras da atividade, ressalta a relevância da atividade. "É de extrema importância a criação de espaços para discussão sobre igualdade de gênero dentro da universidade, com o objetivo de sensibilizar as pessoas a debaterem e repensarem seus papéis dentro da cultura machista em que estamos inseridos", afirma.

O fórum inicia pela manhã, com o municurso "Diálogos com as masculinidades: é possível?", que acontece das 9h30min às 11h30min, na Biblioteca Municipal Dr. Otávio Santos, ministrada por Giuliana Bruni e Cássia Rodrigues. Durante a tarde, das 15h30min às 17h30min, no auditório do campus Bagé da Unipampa, acontece a roda de conversa "Empoderamento feminino e novas masculinidades", com mediação de Eutalita Bezerra da Silva, jornalista, doutoranda em Comunicação e Informação pela UFRGS, tendo como convidados Cristina dos Santos Lovato, docente da Unipampa; Daniela Lucas de Andrade, representante do coletivo feminista Flor de Lótus, de Caçapava do Sul; Bruno Emílio de Moraes, técnico em Assuntos Educacionais da Unipampa, e Gabriel dos Santos Kehler, também docente da instituição.

Durante a noite, no mesmo local, outra mesa-redonda tem espaço, com o tema "Acolhimento e efetivação dos direitos das mulheres vítimas de assédio", com a abertura de Nádia Fátima dos Santos Bucco, pró-reitora de Extensão e Cultura da Unipampa e participação das debatedoras Maria Guaneci Marques de Ávila, membro do Comitê Gestor da ONG feminista THEMIS – Gênero, Justiça e Direitos Humanos de Porto Alegre; Carem Adriana Silva do Nascimento, delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher do município de Bagé.

Em paralelo à programação oficial, está prevista uma programação cultural, como a apresentação do primeiro episódio da websérie "Mulheres que inspiram", que acontece às 20h30min. Já a Biblioteca Municipal Dr. Otávio Santos sedia, pela manhã, o Atelier de Expressões: espaço para desenvolvimento da criatividade e produção de arte no contexto da temática da igualdade de gênero. Durante a tarde, das 15h às 19h, acontece no campus da universidade.

A exposição "Corpografias: mapeando o feminino" apresenta as cartografias do corpo feminino a partir da perspectiva de violência e de medo que afeta o cotidiano das mulheres e do olhar que aponta a força e a resiliência delicada desses corpos. Sob responsabilidade de Operadores de Cultura e Arte (OCA), a exposição acontece a partir das 15h30min, no saguão do campus.

Para encerrar a lista de atividades do fórum, a exposição "Música: Uma Construção de Gênero", que lança luz sobre a reprodução da exposição e a questão do machismo e da violência contra a mulher na cultura popular brasileira. A exposição acontece das 15h30min às 20h30min, também no campus Bagé.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...