ANO: 25 | Nº: 6382
26/09/2018 Cidade

Milhares de devotos estão sendo esperados na 44ª Romaria de Nossa Senhora Conquistadora

Foto: Tiago Rolim de Moura

Imagem da peregrina irá participar da procissão
Imagem da peregrina irá participar da procissão
Faltando menos de uma semana para a realização da 44ª Romaria de Nossa Senhora Conquistadora, os preparativos para o evento estão em pleno andamento no santuário dedicado à santa. A festa acontece no dia 30 de setembro e a comissão organizadora já começou a preparar os alimentos que irão servir milhares de fiéis. A procissão terá inicio às 9h, com saída da Catedral de São Sebastião.

Conforme a diretora executiva do santuário de Nossa Senhora Conquistadora, Marilene Cantarelli, um grupo de voluntários já preparou os molhos e frangos que serão servidos durante a festa. Ela salienta que esta semana serão confeccionados os doces, como pudim, rapaduras e ambrosia para a comercialização.

Marilene informa que, nesta etapa, trabalham em torno de 10 voluntários, mas, a partir da quinta-feira, outras equipes se somam ao trabalho, para montagem de tendas, limpeza e organização do espaço. "Grupos de Emaús, Movimento Familiar Cristão e voluntários auxiliam nos preparativos", destaca a diretora.

De acordo com a diretora executiva, estão sendo esperadas, para a caminhada religiosa, cerca de 12 mil pessoas vindas de várias cidades do Estado, do Uruguai e dos municípios que integram a Diocese de Bagé. Para isso, serão utilizado sete sacos de batata, 400 galetos, 200 litros de leite e 20 ovelhas, além de carne bovina. "Vários empresários e comunidade auxiliam nas doações do material para a confecção", comenta.

A diretora informa que devem participar das festividades o arcebispo de Pelotas, Jacinto Bergmann, o bispo de Rio Grande, Dom Ricardo Hoepers, e o bispo emérito de Bagé, Dom Gílio Felício.

Devoção

Uma das voluntárias na produção dos alimentos é a agropecuarista Nela Forsin. Ela é uma das primeiras a chegar no santuário diariamente e é responsável pela equipe que confecciona as saladas. Nela conta que seu trabalho iniciou há 10 anos, a partir de uma graça alcançada. "Minha filha estudava em São Paulo e queria vir para mais perto da família. Pedi à Nossa Senhora Conquistadora e ela conseguiu a transferência. Prometi trabalhar por cinco anos e já estou há 10 anos", conta. Segundo Nela, sua família também ajuda na arrecadação e doações de material para a confecção dos alimentos.

A dona de casa Sílvia Araújo, 71 anos, também é um exemplo de devoção à santa. Sílvia tem artrose degenerativa e, por vários anos, precisou do auxílio de muletas para se locomover. "Com fé e com auxílio da água benta de Nossa Senhora, há 10 anos, voltei a caminhar. Além disso, duas filhas se curaram do câncer", acredita. Sílvia conta que só toma a água do Santuário há muitos anos.

Programação

Após a caminhada, serão realizadas as missas. A primeira acontece às 10h. Na parte da tarde, será às 15h e às 17h. A novena de Nossa Senhora Conquistadora iniciou no dia 20 de setembro e encerra no dia 28 de setembro.

Ontem, o responsável pela novena foi o padre Júlio Cézar Ribeiro, da Paróquia São Judas, juntamente com as pastorais da Pessoa Idosa, da Criança e da Saúde, com o tema: "Maria, gera vida no meio do povo!". Hoje, a responsabilidade será do padre Cléber Eduardo dos Santos Dias, da Paróquia Sagrada Família, com os grupos de catequese Mãe Rainha e Legião de Maria e pastoral do Migrante, com o tema "Maria Santíssima, a virgem pura e sem mancha!".
Na amanhã, o Movimento Familiar Cristão é responsável pela novena. O tema será "Maria, a jovem de Nazaré é o grande modelo de evangelização!". E, na sexta-feira, a responsabilidade da missa será do padre Wendell Mendonça, da Capelania Militar, junto com a renovação carismática, Regnun Christi. O tema será "Maria, ensina-nos a educar nossos filhos para Deus!". A adoração inicia diariamente às 19h30min e a missa às 20h.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...