ANO: 25 | Nº: 6312
03/10/2018 Segurança

Módulo escolar será construído na case de Pelotas

O presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase), Robson Luís Zinn, e o secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Salazar, assinaram, na segunda-feira, a ordem de serviço que dará início às obras do prédio anexo à Escola Estadual Dom Antônio Zattera, localizada nas dependências do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Pelotas. O prazo para o começo dos trabalhos é de cinco dias úteis após a formalização do contrato com a empresa executora, a CSM Construtora Silveira Martins.

O investimento, de R$ 1.050.847,19, é resultante de um convênio entre a Fase e a Secretaria Estadual da Educação (Seduc), no valor total de R$ 10 milhões. Esse é o terceiro de outros sete anexos escolares que serão construídos em unidades de internação da fundação no interior e na capital gaúcha com o recurso. Parte da quantia ainda será destinada à construção de um muro palito na lateral e nos fundos da escola, visando trazer mais segurança aos servidores e aos adolescentes.

O novo prédio anexo ao Case Pelotas, que deverá estar pronto em até seis meses, proporcionará aos socioeducandos da unidade ambientes modernos e bem equipados para as práticas escolares. O módulo será composto por seis salas de aula, laboratório, biblioteca multimídia, sala de direção, sala de professores, secretaria, banheiros, cozinha e espaço para material pedagógico. As atuais salas, onde hoje funciona a Escola Estadual Dom Antônio Zattera, darão lugar a espaços reservados para a realização de cursos e oficinas profissionalizantes.

Além de Pelotas, outros Cases serão beneficiados com os anexos escolares, que irão ser entregues até abril de 2019. No Centro de Atendimento de Uruguaiana, a ordem de serviço foi assinada no último dia 18. Na sequência, em Porto Alegre, o Centro de Internação Provisória Carlos Santos (Cipcs) foi o primeiro a ter a ordem de serviço assinada no dia 25, além de outras três unidades da capital. Ainda devem ser formalizados, em breve, as ordens de serviço das unidades de Caxias do Sul e Santo Ângelo. A construção das escolas foi pactuada com o governo do Estado no Acordo de Resultados.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...