ANO: 26 | Nº: 6526
09/10/2018 Fogo cruzado

Bolsonaro contabiliza maior votação para presidente em Bagé desde 2006

Foto: Divulgação

Candidato do PSL venceu disputa no primeiro turno
Candidato do PSL venceu disputa no primeiro turno
Contabilizando 31.074 votos entre os bajeenses, Jair Bolsonaro, do PSL, garantiu 47,95% dos votos válidos no município, alcançando o maior percentual, para o primeiro turno, desde o pleito de 2006, quando Geraldo Alckmin, do PSDB, totalizou 33.019 votos, pouco mais de 49,73% (em um cenário onde o eleitorado era menor).
Bolsonaro superou o resultado de Dilma Rousseff, do PT, que, em 2014, fez 28.004 votos, em Bagé, totalizando 42,69%. O candidato do PSL também superou o resultado do tucano José Serra, que, em 2010, alcançou 31.242 votos na cidade (46,58%).

Resultados
No pleito de domingo, Fernando Haddad, do PT, totalizou 18.174 votos (28,05%), em Bagé. Ciro Gomes, do PDT, fez 5.982 votos (9,23%); Alckmin alcançou 5.053 (7,80%); Henrique Meirelles, do MDB, 1.236 (1,91%); João Amoêdo, do Novo 934 (1,44%); Marina Silva, da Rede; 719 (1,11%); Guilherme Boulos, do PSOL, 600 (0,93%); Álvaro Dias, do Podemos, 504 (0,78%); Cabo Daciolo, do Patriota, 435 (0,67%); Vera, do PSTU, 43 (0,07%); João Goulart Filho, do PPL, 25 (0,04%); e Eymael, da Democracia Cristã, 22 (0,03%).

Vitória em Aceguá
Bolsonaro perdeu para Haddad em Candiota e em Hulha Negra, mas venceu a disputa presidencial em Aceguá, com uma margem histórica, totalizando 52,24% dos votos válidos (1.502 votos). Haddad contabilizou 29,57% dos votos válidos na cidade (850).

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...