ANO: 26 | Nº: 6575
16/10/2018 Fogo cruzado

Mainardi assume relatoria da lei que cria Rota das Oliveiras

A proposta que cria a Rota das Oliveiras já tem relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa. O texto, que é assinado por 12 parlamentares, será avaliado pelo deputado Luiz Fernando Mainardi, do PT. O petista, aliás, é um dos signatários da redação, que visa estimular o olivoturismo e promover o desenvolvimento do setor produtivo.
Se for aprovada, a rota será formada pelos municípios de Bagé, Barra do Ribeiro, Cachoeira do Sul, Caçapava do Sul, Camaquã, Candiota, Canguçu, Dom Feliciano, Dom Pedrito, Encruzilhada do Sul, Formigueiro, Pântano Grande, Pinheiro Machado, Piratini, Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santana do Livramento, São Gabriel, São Sepé, Sentinela do Sul e Vila Nova do Sul.
Pela proposta, de autoria do deputado Ernani Polo, do Progressistas, a inclusão de novos municípios, assim como a definição de um calendário de eventos e pontos turísticos e de referência da olivicultura, poderão ser propostos pela Câmara Setorial das Oliveiras da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação, pela Secretaria de Cultura e Turismo e pelo Instituto Brasileiro da Olivicultura (Ibraoliva).
A justificativa apresentada aos parlamentares qualifica o agroturismo como uma força dinâmica na economia, salientando que ‘a criação da Rota das Oliveiras tem grande potencial para agregar renda pelo agroturismo à Cadeia Produtiva da Olivicultura no Rio Grande do Sul’.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...