ANO: 25 | Nº: 6233
17/10/2018 Fogo cruzado

Orçamento de Bagé será debatido em novembro

Foto: Arquivo JM

Proposta prevê R$ 429 milhões para exercício financeiro do município em 2019
Proposta prevê R$ 429 milhões para exercício financeiro do município em 2019
A Comissão de Orçamento, Finanças e Contas da Câmara de Bagé deve realizar, no dia 6 de novembro, uma audiência pública para debater a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2019. A discussão representa uma etapa da tramitação das peças orçamentárias.
A audiência está prevista para as 10h, com 15 minutos de tolerância, no Plenário Lígia Almeida. Apresentado ao Legislativo pelo vice-prefeito, Manoel Machado, do PSDB, o orçamento do município para o próximo ano foi estimado em R$ 429 milhões, superando em R$ 34 milhões o montante previsto para o atual exercício.
Mais de R$ 70 milhões devem ser utilizados para investimentos. O restante servirá para o custeio da máquina pública. A LDO fixa as metas prioritárias para o ano seguinte e estabelece os parâmetros a serem seguidos na elaboração da LOA. A legislação estabelece que as peças orçamentárias devem ser analisadas e votadas pelos parlamentares até o dia 30 de novembro.
A proposta apreciada pelos vereadores determina que quando a despesa com pessoal houver ultrapassado 51,3% e 5,7% da Receita Corrente Líquida, respectivamente, no Executivo e Legislativo, a contratação de horas-extras somente poderá ocorrer quando destinada ao atendimento de situações emergenciais, de risco ou prejuízo para a população, tais como as situações de emergência ou de calamidade pública; as situações de risco iminente à segurança; ou a relação custo-benefício se revelar mais favorável em relação a outra alternativa possível.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...