ANO: 26 | Nº: 6590
20/10/2018 Fogo cruzado

Sartori destaca projetos de infraestrutura para Metade Sul durante agenda em Bagé

Foto: Antônio Rocha

Emedebista realizou caminhada com apoiadores pela avenida Sete de Setembro
Emedebista realizou caminhada com apoiadores pela avenida Sete de Setembro
O candidato à reeleição ao governo do Rio Grande do Sul, pela coligação Rio Grande no Rumo Certo (composta por MDB, PSD, PSB, PR, PSC, Patriota, PRP, PMN e PTC), José Ivo Sartori, se reuniu com lideranças empresariais e religiosas de Bagé, na tarde de sexta-feira. Antes da agenda, o emedebista realizou uma caminhada com apoiadores, pela avenida Sete de Setembro, e concedeu entrevista coletiva no Hotel Obino.
Sartori falou sobre investimentos em projetos estratégicos para a infraestrutura da Metade Sul, a exemplo do Porto de Pelotas (importante para a redução do fluxo em rodovias), confirmando, ainda, o início da obra de dragagem do canal de acesso ao Porto do Rio Grande (obra fundamental para o escoamento da safra de soja, por exemplo, viabilizando o transporte de cargas maiores). “Os recursos estão garantidos”, pontuou, ao destacar que a estrutura é fundamental para o agronegócio – força motriz da região. "Sabemos que é uma função do Estado consolidar o que já existe e criar as condições para o desenvolvimento", reforçou, em referências às potencialidades da região.
Em agenda anterior, em Rio Grande, o emedebista já havia classificado a obra como ‘uma importante conquista’. “Foi uma luta incessante que tivemos ao longo dos anos para que essa obra fosse realizada. Agora, esse processo está próximo de virar realidade. Mesmo sem a dragagem, temos que saudar a movimentação recorde do porto em setembro, com mais de quatro milhões de toneladas transportadas”, disse.

Abigeato
O candidato à releição falou sobre investimentos realizados na área da segurança e confirmou a ampliação do número de Delegacias de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato. “Teremos mais duas, ainda, de forma que avançar em todas as áreas”, disse, sem especificar as localizações. A primeira delegacia especializada foi instalada em Bagé, em abril.

Olivicultura
Para a Metade Sul, o plano de governo defendido por Sartori prevê o fortalecimento de projetos desenvolvidos no primeiro mandato. “Procuramos avançar nas questões relacionadas às safra, através do Banrisul, Badesul e BRDE. Fizemos novas operações para a região”, frisou, mencionando o desenvolvimento do Programa Estadual de Olivicultura (Pró-Oliva), voltado para a Campanha gaúcha, o que abrange Bagé, Candiota e Pinheiro Machado.
“Dentro de alguns anos vamos enxergar o que foi semeado recentemente, através do Pó-Oliva, principalmente para a produção de azeite. Sabemos que o produto do Rio Grande do Sul é o que tem menor acidez e pode fornecer isso para o mercado”, disse.
O Pró-Oliva foi criado com o objetivo apoiar os produtores e consolidar a olivicultura. O programa envolve ações de defesa sanitária, produção de mudas de qualidade, aumento da produção e da produtividade e apoio à industrialização de azeites e conservas por meio de linhas específicas de financiamento.

Panorama político
PSL e Democratas declaram apoio à reeleição de Sartori. Jairo Jorge, que disputou o Palácio Piratini, no primeiro turno, pelo PDT, também confirmou apoio ao emedebista. Durante coletiva realizada em Bagé, o postulante falou sobre a importância dos posicionamentos na disputa contra Eduardo Leite, do PSDB, e para um eventual segundo mandato.
“Não somos orgulhosos. Aceitamos ajuda. O apoio é positivo, vindo de uma diversidade de posições em alguns casos antagônicas. É um sinal de que que estamos unindo até os diferentes, mas acima de tudo, passa a ser importante para as possibilidade futuras de construção de um grande entendimento para a superação das grande dificuldades”, avalia.
Para Sartori, a aproximação pode viabilizar a criação de um novo panorama político em um eventual segundo mandato. “Esta caminhada não se faz sem o que chamamos de sustentabilidade política especialmente na Assembleia Legislativa”, pontuou, em referência clara à preocupação com a construção de maioria no parlamento para a aprovação de propostas.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...