ANO: 26 | Nº: 6526
29/10/2018 Esportes

Bagé vence o Farroupilha e vai enfrentar o Inter nas oitavas de final da Copa Wianey Carlet

Foto: Tiago Rolim de Moura

Jalde-negro superou o adversário por 2 a 1
Jalde-negro superou o adversário por 2 a 1

Em uma disputa acirrada, na tarde de sábado, o Grêmio Esportivo Bagé venceu, por 2 a 1, o Grêmio Atlético Farroupilha, no Estádio da Pedra Moura.

No primeiro tempo, o jalde-negro teve mais posse de bola, mas encontrou dificuldades de marcar o adversário, a exemplo do Farroupilha, que também buscava tornar o confronto mais combativo. Aos 14 minutos, num primeiro lance de mais perigo, em um escanteio, Gustavo Nogy, do Bagé, bateu na direita do gol, mas o goleiro do time de Pelotas defendeu. Aos 20 minutos, foi a vez do Farroupilha assustar, em chute perigoso de Oscar que, por pouco, não parou no ângulo.

Aos 22, Guerreiro chutou para o gol do time visitante e a bola bateu na mão do zagueiro do Farroupilha. O juiz então marcou pênalti e, aos 24 minutos, depois de um tempo de reclamações, Gustavo Nogy marcou o primeiro gol do Bagé, batendo forte no canto esquerdo.

O jogo continuou acirrado e, aos 32 minutos, Cris Magno passou para Mateus Guerreiro, que foi prensado na zaga. Pouco depois, Andrei recuperou a bola, driblou Ruan e sofreu falta. Gustavo Nogy chutou na barreira. Mais tarde, o avançado conduziu a bola pela esquerda do campo chutou na diagonal, cruzada, para fora, mas perto do gol de Jefferson, aos 41 minutos da primeira etapa.

O Farroupilha teve, aos 43, a primeira chegada mais forte ao gol do Bagé. Lion chutou forte, fazendo Gil se esticar para defender. Já no segundo tempo, o visitante começou tentando se impor em campo. Logo aos dois minutos, Juninho cruzou para Wendell, que chutou forte, obrigando o goleiro bajeense a efetuar uma defesa difícil. Aos seis, uma confusão entre os jogadores paralisou, momentaneamente, a partida. Após bate-bocas e a expulsão do atleta Índio - recebeu o segundo cartão amarelo -, do Farroupilha, porém, o jogo foi retomado.

E o Bagé seguiu em busca do segundo gol. Num dos lances, Ceará virou a jogada na esquerda e mandou a bola para Gustavo Nogy que, aos 13 minutos, dominou com categoria e bateu em direção ao gol, obrigando o arqueiro do Farroupilha a espalmar para o lado. Mais tarde, aos 30 da etapa complementar, veio o lance decisivo.  Mateus Guerreiro, pela esquerda do ataque, invadiu a área e chutou para Gustavo Nogy, que finalizou, na diagonal, superando o goleiro Jefferson: 2 a 0.
Um minuto depois, num contra-ataque, Carlos Gatto diminuiu para o Farroupilha e recolocou a equipe na busca de um resultado melhor que a derrota. Porém, apesar do esforço, o adversário não conseguiu o empate. Pelo contrário, foi o jalde-negro quem quase marcou de novo. Aos 46 minutos, por exemplo, o atacante Guerreiro chutou rasteiro, fazendo a bola passar próximo da goleira.

Classificado para o mata-mata, o resultado definiu o adversário do Bagé nas oitavas de final. E o desafio será complicado. A equipe vai encarar o Sport Club Internacional. Na quarta-feira, às 20h, o time bajeense recebe o visitante no Estádio da Pedra Moura.

Escalações

Bagé – Gil, Galo, Ceára, Márcio Telê, Juan, Andrei (Jaime), Cris Magno, Alexandre, Gustavo Nogy, Matheus Guerreiro e Carlão.

Farroupilha – Jeferson, Índio, Wendell, Caio, Hippólito, Oscar, Carlos Gatto, Mikael, Daniel, Juninho e Lian.

Cartões amarelos

Bagé – Alexandre, Juan, Andrei e Márcio Telê.

Farroupilha – Índio (dois cartões e um vermelho – expulso) e Wendell.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...