ANO: 26 | Nº: 6586
30/10/2018 Cidade

Coopersul inicia processo para emissão simultânea de contas

Foto: Divulgação

Equipe da entidade planeja concluir implantação de sistema em dezembro
Equipe da entidade planeja concluir implantação de sistema em dezembro
A Cooperativa Regional Eletrificação Rural Fronteira Sul (Coopersul) iniciou, ontem, os testes com o objetivo de implantar um sistema de fatura instantânea que contemplará todos os seus associados. A atual gestão, presidida por Jaci Jacinto Coelho, pretende concluir a implantação do modelo até o fim do ano.

O objetivo da entidade, segundo o eletrotécnico Juares Pinheiro, é começar o serviço ainda na primeira quinzena de novembro, nas cidades de Aceguá e Hulha Negra. A intenção da Cooperativa é que, até dezembro, as comunidades das zonas rurais também recebam a conta de energia de forma simultânea, no momento da leitura.

Pinheiro afirma que, além do processo se tornar mais rápido, moderno e permitir otimização de mão de obra, também possibilitará uma economia mensal de até R$ 12 mil, o que cobrirá, em pouco tempo, os R$ 70 mil investidos na implantação do sistema. "Teremos um benefício direto, que é o custo por fatura emitida. Hoje, o custo de cada fatura está em torno de R$ 2,70, com a cobrança instantânea, esse valor será de R$ 0,70", explica.

A Coopersul é responsável pelo abastecimento elétrico nas casas de aproximadamente 5,9 mil famílias, compreendendo cerca de 1,7 mil quilômetros de rede. Há 45 anos na região, a Coopersul abastece todo o território de Aceguá, 95% de Hulha Negra, 40% de Candiota (na região da localidade de Seival) e 5% de Bagé. O eletrotécnico salienta que até o final do ano, a entidade também deve começar o serviço de atendimento via SMS.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...