ANO: 25 | Nº: 6433
01/11/2018 Segurança

Apenado é morto dentro de cela do Presídio de Bagé

Foto: Tiago Rolim de Moura

Vítima estava no setor de disciplina, contou diretor interino do PRB
Vítima estava no setor de disciplina, contou diretor interino do PRB

Por volta das 22h20min de terça-feira, um apenado do Presídio Regional de Bagé foi morto a facadas pelo também detento Leandro de Souza Sapirain, de 36 anos. De acordo com o depoimento do acusado, ele estava devendo para um terceiro, da quarta galeria, e como forma de quitar o pagamento teve que assassinar a vítima.

De acordo com informações repassadas à reportagem, em seu depoimento na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), Sapirain contou que recebeu cinco gramas de crack e R$ 300 em dinheiro para cometer o assassinato. Ele relatou que quebrou a parede da cela, no banheiro do local, e que estava armado com estoques (facas artesanais), que utilizou para cometer o crime. Esta é a 12ª morte violenta do ano, em Bagé.

Conforme a titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil, delegada Daniela Barbosa de Borba, o inquérito deve ser remetido ao Poder Judiciário em até 10 dias. “Ouvimos outros três detentos, que estavam na cela com a vítima, e o agente penitenciário que compareceu no momento do flagrante, mas ainda iremos realizar diligências para investigar como foi feito o buraco por onde teria passado o acusado e também buscar o outro “estoque” que ele teria usado no crime - um deles (arma) já foi apreendido no momento do flagrante”, completou.

A delegada disse que conseguiu transferência do acusado e dos outros três detentos que estavam na cela no momento do crime para o Presídio Estadual de Dom Pedrito. “Durante o depoimento, os apenados relataram que ouviram um barulho à tardinha, mas nenhum deles viu o momento em que ocorreu o homicídio”, acrescentou.

O diretor interino do Presídio Regional de Bagé, Blauquior Rodrigues Machado, contou que são realizadas revistas nas instalações, periodicamente. “Uma situação deste tipo pode ter sido feita durante a metade do dia, depende muito. A cela é distante do local onde os agentes ficam.", explicou.

A cela onde ocorreu o crime fica no setor de disciplina, conforme Machado, longe do local onde os agentes penitenciários estavam.

Reincidência
A morte é a segunda registrada, este ano, nas dependência do PRB. Em janeiro, Edson da Silva Lopes, de 26 anos, foi assassinado após se envolver em uma briga junto ao albergue da casa prisional. No fato, a vítima foi golpeada, com uma faca, por outro detento. Ele até chegou a ser socorrido, mas, devido à gravidades dos ferimentos, não resistiu e foi a óbito.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...