ANO: 25 | Nº: 6357

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
02/11/2018 Caderno Ellas

Ambrosia Portuguesa by Isabel Messias

Foto: Reprodução JM

 

 

No dia 20 de outubro, foi oferecida, durante o jantar Alquimia dos Sabores, uma deliciosa mesa de sobremesas elaborada pelas  integrantes da Confraria Borbulhas da Campanha, entidade promotora do evento solidário. Foi Isabel Messias, uma das voluntárias do evento em prol do Hospital Universitário Dr. Mário Araújo, da Urcamp, que organizou a mesa e também contribuiu com dois de seus doces, que sempre arrancam aplausos de quem tem o prazer de prová-los.

Hoje, o Caderno Ellas compartilha a elogiada receita de Isabel, e através dela, agradece a todas as confreiras que solidariamente elaboraram carinhosamente sobremesas em dose dupla para apreciação dos participantes do jantar.

 

 

 

#Curiosidades sobre a ambrosia

Ambrosia, também chamado de Manjar dos Deuses do Olimpo.

Conta a história grega era um doce de divinal sabor.

Era tão poderoso que se um mortal, a quem era vedado, comesse, ganharia a imortalidade. Conta a história, que quando os deuses o ofereciam a algum humano, este, ao experimentá-lo, sentia uma sensação de extrema felicidade.

O nome Ambrósio, que vem da mesma raiz, significa divino e imortal.

A ambrosia é uma sobremesa tradicional portuguesa. É também o mais antigo doce de Minas Gerais e igualmente muito popular no Rio Grande do Sul. Iguaria muito apreciada, é feita à base de ovos batidos cozidos em leite adocicado e aromatizado com baunilha.

É considerado doce de colher ou doce de compoteira. A sua origem é discutível, sendo citado como sendo tanto de Portugal quanto da Espanha, e no Brasil segue a dúvida... Minas ou Rio Grande do Sul.

 

 

RECEITA

Ingredientes:

-dois litros de leite

-um quilo de açúcar

-uma dúzia e meia de ovos

(nove ovos inteiros e nove gemas)

-uma colher de café de essência de baunilha

 

Modo de preparo:

Colocar em uma panela e levar, ao fogo, o leite e o açúcar até reduzir à metade da quantidade (Deve ficar com uma cor de café com leite, não muito escuro).

Quando chegar a esse ponto, misturar bem os ovos e a essência de baunilha com um fuet e acrescentar, aos poucos, na mistura que está ao fogo.

Se preferir, pode ir colocando com uma peneira.

Quando ferver novamente, dar uma leve mexida para separar um pouco os empelotados, deixando ferver por 20 minutos.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...