ANO: 25 | Nº: 6354
02/11/2018 Cidade

Campanha Construindo com Amor busca auxílio para reforma na Casa da Menina

Foto: Tiago Rolim de Moura

Com o projeto, berçário será adequado para atender crianças até cinco anos
Com o projeto, berçário será adequado para atender crianças até cinco anos

Marias, Joanas, Carlas, Anas. Meninas com idades que variam entre zero e 18 anos e que, apesar de suas histórias distintas, possuem algo em comum: o lar. São cerca de 20 crianças e adolescentes que circulam pelas salas e corredores da Casa da Menina, uma instituição mantida pela Fundação Attila Taborda – FAT/Urcamp. Dentre esses pilares, onde a atenção e o carinho são parte do atendimento, há, também, a empatia de quem deseja ser parte do ato de cuidar. Um exemplo é a campanha “Construindo com amor”, uma ação de solidariedade da arquiteta da Urcamp Carine Savino junto ao setor de Coordenadoria de Infraestruturas e Meios (CIM).

O projeto Construindo Com Amor nasceu com o objetivo de acolher ainda mais as moradoras da Casa da Menina. A reestruturação das instalações visa transformar o sonho em realidade, dando a elas o tão almejado quarto de princesa. Parte da renda para a reforma foi arrecadado em agosto, com o jantar beneficente em comemoração aos 21 anos da Casa. A festa rendeu um montante de R$ 12 mil, valor que será aplicado, agora, no início das obras. Porém, para garantir essas melhorias, a campanha é lançada à comunidade que deseja, com amor, ajudar a construir.

Para a mentora da Campanha, que visita as meninas quase diariamente, essa construção está muito além do que apenas readequar os espaços físicos. “Elas te abraçam. Com o tempo, elas sobem no teu colo e não querem te deixar ir. Elas te olham, fazem graça e dão risada, mostrando a blusa que ganharam. Mas, no final do dia, eu volto para a minha casa e elas ficam lá; aquele é o lar; elas são a família uma das outras. O mínimo que as pessoas podem fazer é abraçá-las de volta. Acolher. Transformar o quarto em que elas dormem, em um cantinho de aconchego que toda menina sonha”, relata a arquiteta Carine Savino.

Iniciativa

Para ser parte do projeto, a comunidade pode participar doando materiais de construção, mobília nova ou oferecendo a mão de obra. Os voluntários, além de praticarem um ato de amor, ainda deixarão parte de si na construção. “Cada doador terá seu nome lembrado em uma placa na Parede da Solidariedade, que será instalada no hall da Casa”, explica Carine.

Os interessados devem entrar em contato com a Coordenadoria de Infraestruturas e Meios (CIM) da Urcamp, através do telefone (53) 3242-8244 – ramal 229, e realizar o cadastro.

A obra

O projeto prevê a reforma total dos quartos, com pintura e troca de piso, além de renovar a mobília e climatização dos espaços. Atualmente, as assistidas estão instaladas em dois quartos: um berçário e outro para as meninas até 18 anos. A intenção do Construindo com Amor é adequar os ambientes para separá-las por faixa etária, dividindo-as em três quartos. No primeiro, ficará o berçário, com crianças até cinco anos; no segundo dormitório, ficam as meninas entre seis e 12 anos; e o terceiro irá abrigar adolescentes entre 13 e 18 anos.

Os quartos serão instalados onde, hoje, está a sala de leitura, a sala de convivência e parte do setor administrativo da casa. Já os dois locais, que até então são os dormitórios, serão transformados em uma grande sala de convivência, com espaço para estudo e recreação, além de ambiente multiuso para computadores. O projeto também prevê a modernização do banheiro das meninas.

Dependendo da quantidade de doações, as obras poderão ser ampliadas, com reformas na cozinha e outras áreas de convivência, além de pintura da fachada. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...