ANO: 26 | Nº: 6526
02/11/2018 Universo Pet

Cuidados com estética e higiene dos pets

Foto: Divulgação

Cada vez mais, os pets — tanto os cães como os gatos — tornam-se membros das famílias. Os animais estão, também, convivendo mais dentro das residências e com maior contato com tutores. Mesmo assim, é importante que os tutores lembrem que o corpo do animal de estimação é diferente do corpo dos humanos e, por isso, devem utilizar somente produtos específicos para sua espécie.

Na hora do banho e de cuidar do pelo dos amigos de quatro patas, não buscar artigos para pets pode colocar em risco a saúde do seu amigo. A coordenadora na farmácia Princípio Ativo, Carine Vasconcelos — local autorizado a manipular medicamentos veterinários em Bagé, explica que o ph da pele das duas espécies é diferente. Ela comenta que, se um xampu ou condicionador humano for utilizado em um pet, o produto pode causar dermatite, alergias ou seborreia.

A profissional lembra que há diferentes opções na linha de higiene e beleza para os tutores. Para os gatos, por exemplo, que geralmente não gostam de estar em contato com água, uma boa ideia é utilizar o spray para banho seco. Vale lembrar que o produto também pode ser utilizado em cachorros.

Para os cuidados completos ela lembra que o ideal é o uso do xampu e do condicionador. E mesmo entre os produtos, há alguns enriquecidos com nutrientes, para cuidados mais profundos com os pelos. Há também, especialmente para animais com pelo longo, itens como silicone finalizador e desembaraçador.

Ainda entre os xampus e condicionadores, há aqueles com ativos florais. “Aqui, temos para lambedura e automutilação, agressividade, ansiedade e adestramento”, diz. Tais produtos podem ajudar os tutores no tratamento dessas doenças. Para esses casos, Carine lembra que há sprays para ambiente e florais.

Outro cuidado importante está relacionado aos filhotes. Por terem uma pelagem mais delicada, eles também precisam de produtos específicos. O tratamento deve ser o mesmo da ração, por exemplo, como lembra Carine.

Segundo a profissional,  os tutores devem ter cuidado com os locais onde os produtos são manipulados, para garantir a qualidade do que vai ser oferecido ao pet. “O pet é um cliente assim como o humano”, comenta.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...