ANO: 24 | Nº: 6083
09/11/2018 Campo e Negócios

Dia de Campo do Leite aborda o uso da água nas propriedades

A Estação Experimental de Terras baixas (ETB), base física da Embrapa Clima Temperado já está preparada para realizar o 7º Dia de Campo do Leite. O evento é tradicional para a instituição e pretende reunir produtores, técnicos e estudantes da região Sul do Estado, além de representantes de entidades parceiras para discutir assuntos atuais e relevantes da cadeia de produção do leite, além de mostrar as novidades no setor leiteiro da região. O evento está agendado para acontecer no dia 13 de novembro, das 9h às 12h para estudantes e professores de instituições de ensino; e das 13h às 17h, para produtores rurais e demais interessados.

Para abordar os assuntos que envolvem a produção do leite, a unidade planejou cinco estações tecnológicas com os temas: planejamento forrageiro e manejo de pastagens, vitrine de forrageiras, silagem de capim elefante, uso de água nas unidades de produção de leite, biossegurança e saúde única e segurança do leite.

A água é um importante recurso para garantir a saúde do rebanho leiteiro e produzir produtos de qualidade. O dia de campo vai abordar os cuidados com o uso da água como fator fundamental para o bem-estar animal e para produção do leite. A estação Uso da água na propriedade leiteira vai tratar sobre a disponibilidade de água ofertada nas propriedades leiteiras, tanto a ofertada para a nutrição dos animais quanto a quantidade de água potável que deve ser destinada à higienização das instalações de alimentos, para garantir as condições higiênico-sanitárias necessárias.

Além da quantidade, a estação vai destacar dados sobre a qualidade da água, que deve atender aos padrões de potabilidade determinados pelo Ministério da Saúde. "Esses padrões devem atender propriedades que são avaliadas no produto água como o odor e sabor adequados, propriedades físico-químicas ideais e ausência de contaminação microbiológica", cita a pesquisadora Lilian Winckler.

Outro tema abordado na estação será a preservação da qualidade de água de consumo a campo e em áreas de preservação permanente, atentando que os cuidados com os recursos hídricos devem seguir a legislação ambiental. O Dia de Campo é uma realização da Embrapa Clima Temperado, de Pelotas, e conta com apoio da Emater/RS-Ascar e patrocínio do Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...