ANO: 24 | Nº: 6084
09/11/2018 Cidade

Inclusão social é debatida em evento do Jovem Aprendiz Senac

Foto: Antônio Rocha

Estudantes lotaram auditório da instituição
Estudantes lotaram auditório da instituição
A inclusão social e a conscientização sobre as diversidades foram assuntos debatidos, ontem, em um evento realizado pelos estudantes do Jovem Aprendiz do Sistema Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em Bagé. A atividade realizada, na parte da tarde, na sede da instituição, contou com a presença de autoridades regionais e convidados

O projeto, que teve início como uma proposta de trabalho feita pelo professor do curso, Juliano Munhoz, foi dirigido pelo aluno Lucas Eduardo Souza Munhoz, com orientação da professora Sônia Maria Ribeiro, responsável pelo Atendimento Educacional Especializado (AEE) da Escola Municipal de Ensino Fundamental Doutor Darcy Azambuja.

De acordo com a professora orientadora, a atividade teve como objetivo plantar nos estudantes a conscientização sobre as diferenças. "É muito importante que as pessoas vejam as diferenças sem preconceitos. Então, nossa intenção era realizar um projeto que ajudasse a viabilizar isso, entre esses jovens", declara.

Na ocasião, foi realizada uma roda de conversa sobre o assunto, com a presença da professora Mara Pinheirua, coordenadora do setor de educação inclusiva da Secretaria Municipal de Educação e Formação Profissional (Smed); Cimone Gonzales Halberstadt, coordenadora de políticas públicas para pessoas com deficiência e presidente da Associação Bajeense de Pessoas com Deficiência e Familiares (Abadef); Marcelo Nalério, coordenador da agência FGTAS/Sine Bagé e do psicólogo Vanderlei Simões, representante da Fundação Attila Taborda, pós-graduado em cuidados paliativos pela Urcamp.

Após a conversa, a equipe do Senac e convidados receberam atrações artísticas, encerrando com a apresentação da Banda Marcial Darcy Azambuja.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...