ANO: 26 | Nº: 6527
17/11/2018 Universo Pet

Novembro azul — cuidados com o sistema reprodutor masculino dos pets

Foto: Divulgação

Novembro é o mês de conscientização sobre os cuidados com o sistema reprodutor, especialmente com relação ao câncer de próstata. E com os pets não é diferente. Assim como os humanos, os amigos de quatro patas podem sofrer com essa doença e, por isso, esse é um bom momento para que os tutores levem seus cães e gatos ao veterinário, procurem informações e façam exames preventivos.

A médica veterinária Paula Costa dos Santos conta que a maior incidência são dos tumores testicular e de próstata. A profissional explica que os animais devem ser acompanhados pelo veterinário ainda nos primeiros meses de vida, para um avaliação do desenvolvimento do sistema reprodutor.

Para os adultos — o foco da campanha — a recomendação é realizar consultas anuais ou semestrais. Nessas consultas, deve ser feito o exame andrológico, com avaliação da próstata e testículos. Também pode ser feito um exame de imagem do aparelho reprodutor.

A veterinária também conta que a incidência maior é em cães de raças grandes. Os sintomas, geralmente, ocorrem em animais acima de oito anos. Paula explica que o tumor pode apresentar alto grau de malignidade, causando metástases, por isso é tão importante fazer a prevenção da doença.

O tutor deve ficar atento ao observar dificuldade de defecar, incontinência urinária e perda de peso. Podem também ocorrer alterações benignas, que não são graves.

Já os tumores testiculares podem ocorrer em qualquer fase da vida e estar relacionados a má formação do aparelho reprodutor.

Para a definição da doença, é utilizado um exame de imagem e a retirada de material para biópsia. O tratamento inclui cirurgia, com retirada da próstata ou do testículo, e quimioterapia. A incidência da doença é mais rara em gatos, mas os tutores de felinos também precisam ter atenção ao problema.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...