ANO: 25 | Nº: 6258
01/12/2018 Cidade

Bioma em foto

Foto: Lize Helena Cappellari/EspecialJM

O exemplar da foto foi fotografado pela bióloga Lize Helena Cappellari, doutora em Zoologia e professora do curso de Ciências Biológicas da Urcamp
O exemplar da foto foi fotografado pela bióloga Lize Helena Cappellari, doutora em Zoologia e professora do curso de Ciências Biológicas da Urcamp
O pica-pau-do-campo (Colaptescampestris) é uma espécie de ave que mede em torno de 30 centímetros e tem uma coloração característica: as laterais da cabeça, do pescoço e o peito são amarelos, e a parte superior da cabeça e a nuca são de cor preta. Seu canto forte, é utilizado para marcar território, e como meio de comunicação entre o macho e a fêmea. A dieta alimentar é composta por insetos, principalmente formigas e cupim. O sucesso da caça se dá pela eliminação de uma secreção semelhante a uma cola, que faz com que os insetos fiquem "presos" na língua. Vivem em casais ou em pequenos bandos, fazendo ninhos em troncos ocos, cupinzeiros e buracos. A fêmea coloca de três a quatro ovos os quais são incubados pelo casal. Ao nascer, os filhotes são alimentados com bolos de insetos regurgitados. Habitam praticamente todos os ambientes naturais abertos do estado, podendo ser encontrados também em parques e cidades. sendo muito comuns no Bioma Pampa. Para saber mais sobre essa ou outras espécies da flora e fauna do Bioma Pampa, entre em contato com o curso de Ciências Biológicas da Urcamp. Telefone (53) 3242-8244, ramal 212.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...