ANO: 25 | Nº: 6353
01/12/2018 Cidade

Obras de infraestrutura para levar água até a Serrilhada devem iniciar neste mês

Foto: Divulgação

Encontro aconteceu no gabinete do prefeito
Encontro aconteceu no gabinete do prefeito
Uma reunião realizada na quinta-feira, no gabinete do prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, definiu mais um passo para o fornecimento de água para a região Serrilhada, na divisa de Bagé, Dom Pedrito e o departamento de Rivera, no Uruguai. As obras de infraestrutura necessárias para prover água do Uruguai para 64 famílias moradoras do lado brasileiro da localidade devem ter inicio até o final deste ano.
As tratativas para garantir o recursos à população da Serrilhada foi retratada pelo Jornal MINUANO, em reportagens especiais, desde 2014. O tema foi retomado em em janeiro do ano passado, já que o governo anterior iniciou os trâmites, porém sem avanços concretos.
De acordo com o secretário-executivo do Núcleo de Fronteira do Estado do Rio Grande do Sul, José dos Santos Rosa de Oliveira, a obra é simples. Ele explica que deve ser realizada a rede geral e as saídas para as residências. “Após esta obra, os moradores realizam a ligação para a residência”, disse.
O último trâmite para a implantação do sistema aconteceu em julho deste ano, quando o governo uruguaio aceitou o pedido de fornecimento de água do Brasil. Há 23 anos, municípios da região disponibilizam luz para a localidade fronteiriça da Cerrillada, na parte uruguaia, que conta com 281 habitantes.
Oliveira ressalta que, além da obra, já está sendo preparado um convênio para a perfuração de poços artesianos no local. Além do prefeito e de Oliveira participaram do encontro o vice-prefeito de Bagé, Manoel Machado, do PSDB, representantes da prefeitura de Dom Pedrito e de Rivera, e o representante do Itamarati Milton Rondo Filho.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...