ANO: 26 | Nº: 6587
08/12/2018 Fogo cruzado

Volmir vai coordenar projeto da barragem da Arvorezinha

Foto: Divulgação

Engenheiro deve deixar direção do Daeb na próxima semana
Engenheiro deve deixar direção do Daeb na próxima semana
O diretor do Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb), Volmir Silveira, vai assumir a coordenação da obra da barragem da Arvorezinha. Na nova função, vinculada ao gabinete do prefeito Divaldo Lara, do PTB, o quadro histórico do partido, que presidia o diretório municipal até agosto, vai concentrar demandas técnicas e burocráticas referentes ao empreendimento. “Estarei no meu chão”, brinca o engenheiro, que acumula 34 anos experiência profissional.
Silveira trabalha em uma espécie de transição, apresentando informações ao futuro diretor da autarquia, o professor Graciano Aristimunha Pereira, vereador pelo DEM, que exercia a função de líder do governo no Legislativo. A inauguração do novo reservatório montado na Estação de Tratamento de Água (ETA), agendado para quarta-feira, 12, pode ser o último compromisso oficial do engenheiro no comando do Daeb. “Com a nova estrutura, vamos dobrar a capacidade de armazenamento de água tratada. Vai permitir, também, a limpeza e a manutenção do reservatório antigo”, destaca.
À frente do Departamento desde o início da gestão petebista, Silveira foi responsável pela implantação do modelo de cobrança de água por tarifa. O diretor também registrou avanços em obras de saneamento, ampliando a rede de esgoto e o horário de atendimento da autarquia. Ele afirma que as terceirizações foram necessárias para viabilizar serviços com prazos determinados, a exemplo, inclusive, da alteração do sistema de cobrança de água. “Enfrentamos muitos problemas nesta transição (antes, a cobrança considerava o tamanho do imóvel, não o consumo). Hoje temos uma eficiência muito grande”, avalia.
Caberá ao novo gestor inaugurar a obra da Estação de Bombeamento de Esgoto, que vai levar o esgoto coletado em diversos bairros para a Estação de Tratamento Central, já está concluída.   Quando a estrutura estiver pronta, Bagé deve alcançar 80% de esgoto coletado e 59% tratado, índices superiores às médias nacionais. O prazo para conclusão foi prorrogado pelo Ministério das Cidades. Silveira explica que a intenção é encerrar o cronograma de trabalho em abril de 2019.

Novo foco
Na nova função, Silveira deve concentrar esforços em três frentes de trabalho, visando a retomada da obra da barragem da Arvorezinha. O cronograma inclui etapas de licenciamento ambiental, prestações de contas e a licitação, propriamente dita. Ele adianta que todos os pedidos da Fepam, referentes ao licenciamento, serão atendidos pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Proteção ao Bioma Pampa.
O engenheiro revela, ainda, que também já foi formada uma comissão especial de licitações. A intenção é avançar ao máximo até o dia 15 de janeiro, quando os recursos devem ser liberados pela União. O prazo foi apresentado pelo Ministro Extraordinário da Transição, Onyx Lorenzoni, que vai assumir a Casa Civil, no governo do presidente eleito, Jairo Bolsonaro, do PSL. Quando o empreendimento iniciar, Silveira adianta que deverá atuar diretamente no canteiro de obras.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...