ANO: 25 | Nº: 6380
10/12/2018 Fogo cruzado

PSL de Bagé tem contas julgadas não prestadas

As contas do diretório bajeense do Partido Social Liberal (PSL), referentes ao exercício de 2017, foram julgadas não prestadas pela Justiça Eleitoral. A sentença suspende o recebimento de recursos oriundos do Fundo Partidário enquanto não for regularizada a situação da sigla no município.
A decisão do juiz Ricardo Pereira de Pereira observa que, diante da informação da inatividade da comissão provisória do órgão municipal, o diretório estadual e seus responsáveis foram devidamente intimados a apresentarem a Declaração de Ausência de Movimentação Financeira através do Sistema de Prestação de Contas Anual.
O juiz destaca, ainda, que 'a análise técnica solicitou a baixa dos autos para diligências, uma vez que o partido não apresentou a Declaração de Ausência'. “Devidamente intimados, os responsáveis não se manifestaram, convertendo-se o feito em contas não prestadas”, pontua, na decisão.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...