MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Segurança

Com foco no crime organizado, Defrec recebe nova nomenclatura

Publicada em 15/12/2018
Com foco no crime organizado, Defrec recebe nova nomenclatura | Segurança | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Draco fica técnica e operacionalmente ligada ao Deic e ao Denarc

A portaria que classifica as Delegacias de Polícia Especializadas em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), como terceira categoria, transformando em Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), foi publicada pelo governo do Estado na sexta-feira.
As atribuições das Dracos é reprimir e exercer as atividades de polícia judiciária e de investigação criminal relativamente aos crimes de lavagem de dinheiro, de tráfico de drogas, de latrocínio, de extorsão mediante sequestro, de furto e de roubo de carga de caminhão, de furto e de roubo de veículo, de furto e de roubo de gado, de furto ou de arrombamento a caixa eletrônico, de receptação qualificada e de veículo, de roubo a banco ou a instituições financeiras, de roubo a transporte de valores, bem como de roubo à residência ou a estabelecimentos comerciais com lesões, que demandem investigação especializada ou decorrente da ação de associações ou organizações criminosas.
Às novas delegacias compete capturar condenados com pena de reclusão a ser cumprida em regime fechado e foragidos do regime fechado. A atribuição da Draco para apuração dos crimes de furto e roubo de gado vai se dar sem prejuízo da atuação concorrente dos demais órgãos competentes da Polícia Civil, inclusive da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e de Abigeato (Decrab). Em Bagé, a Defrec também passa a ser Draco e ter em suas atribuições a repressão aos crimes de lavagem de dinheiro.
De acordo com o titular da Draco, delegado Cristiano Ritta, a mudança é que a especializada agora fica com a atuação ao crime organizado e lavagem de dinheiro. “A ideia é que algumas atribuições e a atuação fica mais restrita, pra isso foi criado dentro da estrutura um serviço de investigação a lavagem de dinheiro, e os roubos a pedestre, ou estabelecimento comercial que não seja do crime organizado sejam direcionados. Quando a gente identificar que seria do crime organizado então passaria a Draco”, explica.
Ritta também explicou que foi criada uma estrutura mista. “Administrativamente segue compondo a 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil, mas técnico e operacionalmente responde ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) e ao Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc)”, complementa.

Galeria de Imagens
Leia também em Segurança
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online