ANO: 25 | Nº: 6384
24/12/2018 Cidade

Comércio registra aumento nas vendas durante final de semana

Foto: Tiago Rolim de Moura

Fecomércio prevê aumento de até 4% nas vendas
Fecomércio prevê aumento de até 4% nas vendas

O final de semana que antecede o Natal foi de correria no comércio, com as últimas compras antes da celebração, no dia 25. A maioria das empresas aderiu ao horário proposto pelo Sindicato do Comércio Varejista de Bagé, em acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, e funcionou até as 21h de sábado e domingo.
Contudo, a movimentação nas calçadas não é comparável à de anos anteriores, quando os bajeenses revezavam espaço na avenida Sete de Setembro, enquanto subiam e desciam em busca de presentes para toda a família. Segundo uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens e Serviços do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS), o gasto médio dos gaúchos será de R$ 467,87 para a data. Em relação à receita, o crescimento deste ano com as vendas deve ficar entre 3% e 4%, ante os 7% de 2017.
Essa queda já foi sentida pelas próprias empresas. Gerente de uma das lojas mais procuradas em confecção e calçados, Matheus Lago conta que o movimento do final de semana compensou o mês enfraquecido de dezembro. "Geralmente é um mês bem movimentado, mas neste ano foi bem fraco. As vendas só começaram a aumentar na quinta-feira, também por causa da instabilidade do tempo, com muita chuva", avalia.
Mesmo assim, Lago projeta um crescimento maior que no ano anterior. "Mesmo que dezembro não tenha sido como estávamos esperando, acredito que teremos um resultado positivo porque as pessoas sempre deixam as compras para a última hora", comenta.
Kerolin Scemper e Rafael Silveira fazem parte do grupo de quem decidiu sair às compras nos dias mais movimentados do ano. Kerolin conta que a busca pelos últimos presentes na véspera do Natal é quase uma tradição. "Vamos comprando as coisas com tempo, mas sempre falta alguma coisinha de última hora e precisamos sair. Como nesta semana choveu muito, tivemos que deixar para vir no final de semana, que também tem horário mais folgado", explica.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...