ANO: 26 | Nº: 6526
28/12/2018 Cidade

Tradicional destino de bajeenses no verão, Cassino deve receber cerca de 200 mil turistas

Foto: Fabio Dutra/Jornal Agora

Estimativa é que haja um aumento de 20% no fluxo de visitantes nesta temporada
Estimativa é que haja um aumento de 20% no fluxo de visitantes nesta temporada
A praia mais conhecida pelos bajeenses recebe milhares de turistas todos os anos. Para esta temporada, a procura por imóveis para aluguel no Cassino, em Rio Grande, iniciou em dezembro e a expectativa, nos períodos de pico do veraneio, como a Festa de Iemanjá e Carnaval, é que mais de 200 mil pessoas se desloquem para o balneário.
Conforme o secretário especial do Cassino, Miguel Satt, que tem uma ligação bem próxima com Bagé, visto que a mãe nasceu no município, a estimativa é de um aumento de cerca de 20% de público na temporada. “Houve uma pequena reação na economia do País, que poderá refletir no veraneio”, avalia.
Para receber melhor os turistas, a prefeitura de Rio Grande preparou várias atividades que tiveram início ontem, com a Festa do Peixe. Conforme Satt, a programação do evento irá até dia 13 de janeiro. Para o réveillon, estão previstos shows com artistas locais, Tradição Tchê, Sun7, Roberto Silva e Banda; e Cauã Castro. Hoje, está previsto o show com o cantor Alexandre Pires.
A partir do dia 5, até 24 de fevereiro, várias atrações devem se apresentar na praia do Cassino, como o Grupo Tholl, Kleiton e Kledir, Sente o Clima, Euseiki Tudanssa, Rock de Galpão, Tchê Barbaridade, Tequila Baby e Banda Mascavo.
Ainda, segundo o secretário, não há como estimar o número de bajeenses que frequentam o balneário no veraneio. Ele salienta que há uma preocupação quanto à lama que se espalhou em parte da orla, mas explica que são apenas três quilômetros. “Dos molhes até a Iemanjá, o mar está limpo. O problema afetou apenas uma parte da Querência”, relata.

Locação
Segundo a corretora de imóveis Luana da Rosa Pereira, a demanda por aluguéis começou a aumentar no início de dezembro. Segundo ela, cerca de 70% dos imóveis locados na imobiliária são para bajeenses. “A procura maior é para a Festa de Iemanjá e Carnaval, mas tem muito público para todo o veraneio”, comenta.

PRF
Conforme o chefe do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Bagé, Dorval Silva, o fluxo de veículos em direção ao litoral aumenta muito, principalmente nos finais de semana e feriado. Silva salienta que durante o período de veraneio, a PRF realiza algumas operações, principalmente para minimizar as ultrapassagens irregulares, velocidade e embriaguez no volante.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...