ANO: 26 | Nº: 6526
31/12/2018 Fogo cruzado

Lei autoriza contratações do Samu

Foto: Tiago Rolim de Moura

Redação abrange 37 profissionais
Redação abrange 37 profissionais

A lei que viabiliza as contratações de 37 profissionais para atuar no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi sancionada pelo prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB. A legislação, aprovada pelos vereadores no dia 18 de dezembro, determina que os servidores contratados serão, prioritariamente, os que já fazem parte da rede.
A lei autoriza a contratação de cinco enfermeiros (com salários de R$ 2.023,37); 10 técnicos em enfermagem (com salários de R$ 1.241,91); 15 motoristas (com salários de R$ 1.170,79); cinco telefonistas (com salários de R$ 1.002,54); e dois higienizadores e serviços gerais (com salários de R$ 1.002,54). Todos os cargos têm carga horária de 36 horas.


Fonoaudiólogos

Divaldo também sancionou a lei que autoriza a prefeitura a contratar, pelo prazo de um ano, cinco fonoaudiólogos para desempenhar funções no Serviço de Atenção à Saúde Auditiva, que funciona junto ao CAPS I Mathilde Fayad. O vencimento dos servidores será de R$ 1.999,71 para uma carga horária de 20 horas.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...