ANO: 25 | Nº: 6383
04/01/2019 Editorial

Proposta por trilhos


Apontado como um dos principais fatos ocorridos ao longo de 2018, a paralisação dos caminhoneiros, muito além de demonstrar insatisfação de uma categoria específica em âmbito nacional, serviu para balizar um fato que já ultrapassou a barreira da tese. O País precisa, de fato, estimular novos mecanismos de mobilidade, com certa ênfase no que tange o setor de transportes.
Pois tal tópico estará na pauta próxima no centro da política nacional. A Comissão de Infraestrutura do Senado deve iniciar os trabalhos de 2019 com a discussão de um projeto que permite, à iniciativa privada, a construção e a operação de suas próprias ferrovias. Senão a ideal, é uma alternativa de incremento.
No atual momento, conforme o autor da matéria, senador José Serra, as ferrovias respondem por 15% das cargas transportadas no Brasil. Algo significativo, sim, mas que pode melhorar, e muito. Até porque, é evidente, que desafogar rodovias significa, em parte, melhorar a mobilidade de quem não atua no setor de transporte; ou seja, ampla maioria dos cidadãos.
A ideia, na prática, é permitir a exploração das ferrovias por meio de uma autorização, em que o governo primeiro fará uma chamada pública de interessados. A competição entre empresas explorando a mesma região geográfica está prevista como forma de incentivar a competição e a modicidade dos preços. Está prevista, ainda, conforme a Agência Senado, a utilização de um mesmo trecho ferroviário por várias empresas, não ocorrendo a exclusividade no trecho, como atualmente ocorre.
Já aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos, em dezembro, o projeto, se receber a devida atenção, pode não apenas ter tramitação acelerada, mas, ainda, resultar em investimentos breves. O que seria interessante, ainda mais dentro de uma economia que busca retomar seu potencial. Como há projeção de obras, a geração de empregos deve ganhar destaque e, no mínimo, contribuir com a tão buscada recuperação.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...