ANO: 25 | Nº: 6335
05/01/2019 Cidade

Moradores do Dois Irmãos reclamam de obras em ruas do bairro

Foto: Daiane Lima/ Especial JM

Cidadãos alegam dificuldades de trânsito pelo trecho
Cidadãos alegam dificuldades de trânsito pelo trecho
A obra de pavimentação da zona leste, que iniciou em setembro de 2018, está gerando incômodo para alguns moradores. A empresa responsável pela pavimentação (Britagem e Pavimentação Eireli -Bripav) está realizando o embueiramento e, com a chuva dos últimos dias, algumas ruas foram afetadas, impedindo, até mesmo, que os moradores tenham acesso às suas garagens.

Conforme a moradora da rua Coronel Zeca Tavares, Magda Sarmento, há mais de dois meses foram abertos os buracos para colocação do encanamento, mas o trabalho não foi concluído. "Está tudo virado do avesso, um absurdo", reclamou. Ela salienta que já pediu apoio para a prefeitura, mas não foi atendida.

A dona de casa Ana Alice Souza Martins, 57 anos, comenta que a empresa abriu várias valas e não concluiu nenhum bueiro. "Em frente de casa, tem um buraco com o esgoto a céu aberto. O cheiro é horrível e junta muito mosquito", comenta.

A aposentada Nice Rita Nunes, 73 anos, que mora no local há mais de 20 anos, afirmou que a pavimentação era um sonho dos moradores, mas agora a situação está 'péssima'. "Colocaram cascalho na quadra de cima e na nossa rua só tem barro. Está muito ruim", desabafa.

A comerciária Jane Bastida, 58 anos, está com dificuldade de locomoção devido a uma cirurgia. Ela ressalta que, muitas vezes, não consegue sair de casa porque se forma um lodo na via e ela tem medo de escorregar. "Meu genro tem dificuldade de colocar o carro na garagem porque abriram buracos nos dois lados da rampa", comenta.

A pavimentação, que está na terceira etapa, contempla as ruas rua Fernando Ferrari (366,15m), rua Clementino Araújo (117m), rua Gaspar Silveira Martins (471,9m), rua Coronel Zeca Tavares (442,67m), rua Onofre Pires (585,48m), rua Francisco Sá Antunes (84m), rua Rafael Cabeda (243m), rua Dr. Camilo Mércio (133m) e rua Vasconcellos Jardim (178,56m), totalizando 2.621,76 metros. A empresa tem até 12 meses para fazer a terraplenagem, pavimentação asfáltica, além da construção de redes de drenagem pluvial e calçadas.

Fiscalização

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Ronaldo Hoesel, a obra é fiscalizada pela Secretaria Municipal de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos e Caixa Econômica Federal, e sua pasta não pode interferir nas melhorias. Ele salienta que fará contato com a empresa, solicitando a manutenção da via.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...