ANO: 24 | Nº: 6187
12/01/2019 Cidade

Grupo Aja retoma atividades em março

Foto: Divulgação

Um trabalho voluntariado, desenvolvido em Bagé, destinado para auxiliar pessoas que tiveram qualquer tipo de câncer, segue em plena atividade há 21 anos. O grupo AJA - Ajudantes Anônimos foi criado no dia 8 de agosto de 1997, pelo médico Irineu Omar dos Santos, e conta com cerca de 20 pessoas que se reúnem, semanalmente, para superar as dificuldades da doença.

Na fundação, o Aja contava com nove componentes. A assembleia de formação e constituição do grupo só ocorreu dois anos depois, em 1999, quando foi feito o estatuto da Organização Não Governamental (Ong). Os ajudantes anônimos receberam o título de utilidade pública no ano 2000.

Segundo a coordenadora do AJA, Dalva da Costa Borba, o grupo realiza encontros todas as terças-feiras, na farmácia Mistura Terra, e, atualmente, conta com 20 membros. Ela salienta que, devido ao período de férias, muitas integrantes viajaram e as atividades serão retomadas em março. "Nossas reuniões são alegres e com o objetivo de levantar a autoestima através de conversas, palestras e até trabalho em asilos e instituições. Arrecadamos gêneros alimentícios para auxiliar outras pessoas", destaca.

Dalva menciona, ainda, que o voluntariado é importante, porque ajuda novos pacientes que estão passando pela doença. "Integro o AJA há 19 anos e, quando cheguei, estava muito fragilizada. Hoje, somos amigos e nos apoiamos", enfatiza. A coordenadora ressalta que a ideia é expandir o grupo e afirma que as reuniões são abertas ao público.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...