ANO: 25 | Nº: 6259
12/01/2019 Segurança

Pedritense é empossado como comandante do Exército Brasileiro

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Pujol iniciou sua carreira militar em 1971
Pujol iniciou sua carreira militar em 1971

O general pedritense Edson Leal Pujol, 64 anos, foi empossado, nesta sexta-feira, como comandante do Exército Brasileiro. Na cerimônia, realizada no Clube do Exército, em Brasília, ele recebeu o comando, que até então pertencia ao general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, o qual ocupava a função desde fevereiro de 2015.

De acordo com informações da Agência Brasil, Pujol foi promovido ao posto atual em março de 2015. Como general de Exército, foi secretário de Economia e Finanças e chefe de Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército em Brasília e comandante militar do Sul, em Porto Alegre.

O novo comandante entrou na Força em 1971, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, e concluiu o curso da Academia Militar das Agulhas Negras em 1977.

Na cerimônia em que transmitiu o Comando do Exército para o sucessor, Villas Bôas disse que a eleição e posse do presidente Jair Bolsonaro representam a “renovação” e a “liberação das amarras ideológicas”. O discurso foi feito na presença de várias autoridades militares e civis, incluindo ministros, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Também estavam presentes na solenidade os ministros Sergio Moro, da Justiça, Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, e Augusto Heleno, da Segurança Institucional. Na última semana, Bolsonaro também participou da transmissão de comando da Aeronáutica e da Marinha.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...