ANO: 25 | Nº: 6208
14/01/2019 Cidade

Chuva alaga acampamento da Descida do Camaquã

Foto: Divulgação

Local será vistoriado hoje
Local será vistoriado hoje

Os mais de 200 milímetros de chuva que assolaram a região, nesta semana, fizeram com que o nível do Rio Camaquã subisse, alagando o acampamento do Camping Camaquã, na propriedade de Paulo Tadeu. O espaço seria utilizado pelos participantes da 24ª Descida do Camaquã, prevista para os dias 18, 19 e 20 de janeiro. A situação pode causar a transferência do evento, que, até o final de semana, contava com 111 inscrições.

Conforme o coordenador das atividades, José Crespo, hoje, será realizada uma vistoria no local. Ele salienta que, caso o rio baixe e volte para o normal, a atividade irá acontecer. “As pessoas se programam para o evento e a mudança de data é muito negativa”, comenta.

Crespo informa que há outras áreas para acampamento, mas não há tempo hábil para preparar o local. O remador informa que também serão avaliadas as estradas. “O rio cheio não implica no cancelamento, e se a área estiver úmida também não. A atividade já foi realizada com chuva”, conta.

O coordenador diz que as previsões apontam para uma diminuição da chuva no decorrer da semana, e se o rio tiver muito cheio deve ser suspensa a participação de crianças.

As inscrições para a atividade encerraram na sexta-feira e foram restritas a navegadores veteranos e seus convidados. Esta edição é a primeira a ser realizada sem um dos idealizadores do evento, Diogo Madruga Duarte, que, juntamente com João Dóglia e Nicanor Azambuja, deu início à atividade.

A 24ª edição, se ocorrer na data prevista, irá contar com a presença do Corpo de Bombeiros, que irá realizar a logística do acampamento e, pela primeira vez, com a participação de uma equipe do Exército, que irá acompanhar o general da 3ª Brigada de Cavalaria, Carlos Augusto Ramires Teixeira.

A concentração para o evento, caso melhore a situação do rio, será realizada na Pedra Amarela, do proprietário Osmar Soares, situada no Rincão do Inferno, no dia 18. A navegação terá início na manhã do dia 19 de janeiro, com trajeto estimado entre 17 e 18 quilômetros. Por fim, no dia 20 de janeiro, acontecerão as tradicionais Olimpíadas do Camaquã, com uma série de atividades e de brincadeiras entre os participantes.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...