ANO: 25 | Nº: 6331
15/01/2019 Editorial

Reforço na iluminação pública

Um dos tópicos que demanda uma atenção quase que diária, no âmbito estrutural, por parte do poder público, seja em cidade que for, é a iluminação pública. Isso porque as forças do clima, que afetam qualquer aparelho que esteja em seu raio de ação, causam estragos e exigem manutenção contínua. Perante isto, é necessário, muitas vezes, criatividade e, sempre, investimento.
Atento às necessidades locais sobre o setor, o município de Bagé decidiu encampar um investimento considerado consistente, no que tange melhorias para o atendimento de estragos e, desse modo, garantir retorno à população, que paga do próprio bolso para ter o serviço prestado a pleno.
Segundo anunciado ontem, cerca de R$ 1 milhão será aplicado na compra de equipamentos, dos quais três caminhões, destinados a não apenas percorrer a cidade para trocar as iluminações danificadas, mas acelerar tal processo. De acordo com o Executivo, a demanda justifica o investimento. O que é até compreensível, tendo em vista os 80 bairros de Bagé que necessitam, todos os dias, de atenção.
O interessante, além do investimento, é o recurso que será utilizado para viabilizar a empreitada: verbas oriundas da Contribuição de Iluminação Pública, a famosa Cip que muitos custam a entender os motivos de estar inclusa nas contas pelo consumo de energia. Na prática, é exatamente para o destino atual: garantir o serviço, de forma qualificada.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...