ANO: 25 | Nº: 6383
19/01/2019 Cidade

Chuvas resultam na interdição de pontes na região

Foto: Divulgação

Estrutura no Passo do Onze foi fechada para o trânsito de veículos
Estrutura no Passo do Onze foi fechada para o trânsito de veículos

Uma ponte sobre o rio Jaguarão, localizada em Candiota e que serve de ligação com Hulha Negra e Aceguá, pelo interior, foi totalmente interditada esta semana.

De acordo com o secretário de Obras e Serviços de Candiota, Renato Cunha, a ponte já apresentava problemas estruturais há vários anos e chegou a ser interditada de forma parcial. Porém, agora, com o volume elevado de chuva, a situação piorou. "Colocamos placas de alerta no local, mas as pessoas não respeitaram e seguiram passando", comenta.

Cunha informa que a próxima medida será a interdição de forma física, realizando valas na cabeceira da ponte. "A estrutura tem 95 metros e é consituída de madeira". Ele ressalta que assim que parar a chuva, deve ser realizado um trabalho de recuperação da estrada.

Segundo o secretário, existe um projeto para revitalização da ponte, que deveria ser realizado pelo Ministério de Desenvolvimento Agrário (Extinto pelo atual governo Federal) e a Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR), com recursos da Caixa Econômica Federal. Conforme a diretora do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico (Cideja), Débora Cappua, o convênio foi assinado em 2012, mas ainda não teve uma definição. Ela conta que a iniciativa foi desenvolvida pelo município de Candiota e entregue ao Estado. "O Cideja não tem ingerência sobre a construção, nem recursos. Somente nos envolvemos por interligar os três municípios", relata.

Em Bagé
A forte registrada na manhã de sexta-feira, também resultou na interdição de outras pontes, desta vez na área urbana de Bagé. De acordo com o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luis Diego Soares, duas pontes do centro da cidade foram interditadas, uma na rua Ernesto Médici e outra no trecho popularmente conhecido como Passo do Onze.

“Gostaríamos de solicitar que os motoristas evitem essas vias por questões de segurança, pois a chuva foi muito forte e a água está passando sobre as duas pontes”, solicitou. Ainda, segundo o titular da SSM, assim que os níveis pluviais baixarem, os locais serão reavaliados pela equipe da pasta.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...