ANO: 25 | Nº: 6487
19/01/2019 Cidade

Prefeitura destaca combate a alagamentos

A Prefeitura de Bagé informou que, mesmo com o grande volume chuva, que já totaliza uma acumulado de 360 milímetros em janeiro, nenhuma ocorrência de alagamento foi registrada, sexta-feira, mostrando que as ações executadas pelo governo surtiram efeito, com o escoamento pluvial acontecendo dentro da normalidade, como os trabalhos desenvolvidos nas ruas ministro Francisco da Rocha, Mário Araújo e João Batista Fico, onde ocorreram casos críticos de alagamento.

O diretor do Daeb, Graciano Pereira, falou sobre o trabalho realizado pela autarquia. "Desde o início das chuvas, na madrugada do dia 9, determinamos a organização de três equipes operacionais apenas para atendimentos relacionados a alagamentos. O primeiro direcionamento foi para o Bairro Bonito, onde ações foram tomadas para amenizar os problemas nas ruas Mário Araújo, João Batista Fico e Barão do Itapevi, além do trevo do 21. Nosso maquinário foi utilizado para aliviar a situação nestes locais, com limpeza de caixas e desentupimento de bueiros, o que ajudou a evitar novos alagamentos nas chuvas posteriores", destacou.

Situação de emergência

A Defesa Civil do Estado divulgou um novo boletim, na sexta-feira pela manhã, com informações sobre os municípios atingidos pelas recentes chuvas no Rio Grande do Sul. Sete cidades estão com decreto de situação de emergência homologado por causa dos temporais e ventos dos dias 9 e 14 de janeiro.

Na soma de desalojados, desabrigados e pessoas afetadas por danos menores em residências o número está em 8.785. Em relação aos óbitos, dois têm ligação direta com a chuva e um decorre indiretamente do evento. Foram duas mortes em Alegrete e uma em Santana da Boa Vista.

O situação de emergência de Bagé ainda não foi homologada pelo Estado. A Defesa Civil está juntando a documentação necessária para a homologação do Decreto de Emergência que foi assinado na semana passada pelo prefeito em exercício, Manoel Machado. Já o município de Dom Pedrito, que teve o mesmo motivo para solicitar a situação de emergência, já obteve a homologação. A Capital da Paz já contabilizou 42 desabrigados devido à enxurrada.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...